O Lamborghini Miura mais caro de sempre vendido em leilão

Clássicos 23 Jun 2024

O Lamborghini Miura mais caro de sempre vendido em leilão

No Salão Automóvel de Turim de 1965, a Lamborghini apresentou apenas um chassis rolante com mecânica, tendo sido surpreendida pelas elevadas encomendas que teve, mesmo sem os seus compradores saberem como seria a carroçaria. Seria no Salão de Genebra do ano seguinte que a Lamborghini iria apresentar o derradeiro desenho do automóvel, sob a forma do protótipo Lamborghini Miura P400. O seu traço esteve a cargo de Marcello Gandini, enquanto trabalhava nos estúdios da Bertone. A sua produção perduraria até 1973, com 764 exemplares construídos, altura em que foi substituído pelo Countach.


A primeira versão de produção do Miura era a P400 – de Posteriore 4 litri – equipado com o motor V12 de 3,9 litros de cilindrada, o mesmo utilizado pelo Lamborghini 400GT da época, desenvolvendo 350cv. Em Novembro de 1968, surge o Miura P400 S, também conhecido por Miura S, com várias comodidades adicionadas ao automóvel, assim como vários apontamentos diferentes e alterações na mecânica, produzindo agora 370cv.


Em 1971 aparece a última evolução do Miura de produção, sob a forma do Miura P400 SV, ou apenas Miura SV, com alterações na mecânica, como a adição de quatro carburadores Weber maiores de triplo corpo, desenvolvendo agora 385cv de potência às 7850rpm e um binário de 400Nm às 5750rpm. O Miura SV diferencia-se dos restantes pela ausência das “pestanas” nos faróis, guarda-lamas traseiros mais largos de forma a acomodar as jantes mais maiores, secção frontal do chassis reforçada, suspensão traseira recalibrada e farolins traseiros diferentes. No total, foram produzidos apenas 150 exemplares do Miura SV.


Presente neste artigo está o Miura SV com o chassis número 4972 e que tem o título de Lamborghini Miura mais caro alguma vez vendido em leilão, uma vez que foi arrematado por 4,9 milhões de dólares (cerca de 4,5 milhões de euros) no leilão da RM Sotheby’s destinado à venda da colecção Dare to Dream Collection, ocorrido entre o dia 31 de Maio e 1 de Junho.


Este Miura SV foi produzido a 13 de Dezembro de 1971 e pintado na cor Rosso Corsa com elementos dourados, vendido novo na Alemanha, antes de ser transferido para o Reino Unido nos anos 80 e convertido para volante à direita.


Nos anos 90 foi vendido a um coleccionador de Hong Kong que o restaurou por completo e em 2004 foi vendido a Jay Kay, o conhecido coleccionador e vocalista dos Jamiroquai. Mais recentemente, foi para Itália, altura em que foi reconfigurado para condução com volante à esquerda, sendo-lhe aplicado o interior azul. Desde 2016 que integrava a Dare to Dream Collection.


Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube