Schnibbelmobil, a fusão entre um camião e um automóvel

Arquivos 03 Mar 2024

Schnibbelmobil, a fusão entre um camião e um automóvel

Os camiões têm um desenho bastante idêntico entre os vários modelos, no entanto, existem certos tipos de cargas que têm de ser transportadas de forma diferente. Daí nascem camiões diferentes e únicos. No caso específico do camião deste artigo, o seu objectivo era transportar vigas de aço com mais de 50 metros de comprimento, logo era necessário algo especial, que os camiões tradicionais não conseguiam fazer.

Para a execução desse trabalho a empresa VAW Aluminum encomendou ao especialista alemão de veículos pesados Colonia, um camião que cumprisse as suas exigências, nascendo assim, no início dos anos 80, o Schnibbelmobil ou também conhecido por Cologne Crocodile que parece o resultado da fusão entre uma carrinha e um camião e que acima de tudo pode circular na Autobahn.

Este “Crocodilo de Colónia” nasceu como um MAN F8 22.320 UNL, que viu retirada a sua cabine tradicional devido à carga que tinha de transportar ser muito longa. Mesmo assim, o desenho original não conseguia cumprir com o objectivo do projecto. A Colonia teve uma ideia brilhante, que foi adaptar uma carroçaria de um Ford Granada Turnier ao chassis do MAN. Esse Ford Granada tinha sofrido um acidente na frente, sendo por isso que a Colonia adaptou uma frente da carrinha Mercedes-Benz TN 207 D.


O interior do Ford Granada foi mantido praticamente inalterado, incluindo o tablier e o volante, que era demasiado pequeno para um camião, mas o velocímetro foi alterado para um que marcava apenas 100km/h. Na traseira, onde estaria os bancos de trás no automóvel original, foi montada uma cama para o condutor poder descansar. Já ao nível mecânico, este estranho camião está equipado com um motor turbo-diesel de 414cv de potência.

A sua condução era algo difícil, como diziam os seus motoristas, devido à sua cabina longa, que criava bastante movimento vertical, provocando enjoos. Ainda assim, o Schnibbelmobil percorreu mais de 800 mil quilómetros em trabalho, durante os anos 80 e 90. Mas como tudo, os seus dias de trabalho chegaram ao fim e o camião foi deixado ao esquecimento nas instalações da Colonia, onde parece permanecer até hoje.

1988-copy
2_platforma_dlin
6_platforma_dlin
9864962s-960
1603124367_schnibbelmobil-nemeckij-krokodil-dlja-perevozki-negabaritnyh-gruzov-10
1603182455_11
e464962s-960
message-editor_1602546478342-colonia1
message-editor_1602686965360-1988_2
message-editor_1602809100493-spezialfahrzeugcoloniafotos2b
message-editor_1602809214757-spezialfahrzeugcoloniafotos2acopy
message-editor_1602861087121-spezialfahrzeugcoloniafotos2c
message-editor_1602808655515-wagontrucktoday
previous arrow
next arrow
1988-copy
2_platforma_dlin
6_platforma_dlin
9864962s-960
1603124367_schnibbelmobil-nemeckij-krokodil-dlja-perevozki-negabaritnyh-gruzov-10
1603182455_11
e464962s-960
message-editor_1602546478342-colonia1
message-editor_1602686965360-1988_2
message-editor_1602809100493-spezialfahrzeugcoloniafotos2b
message-editor_1602809214757-spezialfahrzeugcoloniafotos2acopy
message-editor_1602861087121-spezialfahrzeugcoloniafotos2c
message-editor_1602808655515-wagontrucktoday
previous arrow
next arrow
Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube