A história de encantar

Arquivos 29 Fev 2024

A história de encantar

Por Nuno Mendonça

Regra geral, para os filhos, os pais são os seus ídolos, e é comum herdarem hábitos, ideais e até profissões. Mas, por vezes, é um automóvel que serve como elo de ligação para uma vida.
 
Para Nuno Mendonça, o Volkswagen Beetle Kim não foi um presente, mas sim uma forma de homenagear o pai, Joaquim Mendonça.
 
Após ter ido ao cinema com o pai ver o filme Herbie Goes to Monte Carlo, Nuno ficou encantado com a personagem fictícia e com a curiosidade típica da idade perguntou ao pai como é que aquele automóvel era tão diferente e parecia ter vida, tendo o pai respondido, que era porque tinha um conjunto de engrenagens, correntes e correias que o faziam ser especial e com características humanas.
 
Esta história de encantar maravilhava os seus dois filhos, de tal forma, que sempre que se proporcionava, lá vinha mais um pedido: «Ó pai conta outra vez!».
 
E, foi assim, que após o falecimento do pai Joaquim Mendonça, em 2012, com 68 anos de idade, o seu filho Nuno resolveu dar forma física à história de encantar que tinha marcado a sua infância e do seu irmão Guido.
 
A criação deste automóvel partiu de uma base de um Volkswagen 1302s que o pai, por ironia do destino, tinha adquirido antes de falecer. E, tal como o Joaquim contava aos seus filhos, a vida foi dada a este Beetle através de uma pintura artística onde as engrenagens são o tema predominante. A mecânica, trabalho de chapa e interiores foram feitos pelo Rui Espada, a magnífica pintura feita pelo Daniel (Deep Kustom Artworks) e a montagem da película dos vidros e instalação sonora feita pelo Tiago (TR CAR Setúbal).
 
Podendo se observar também na mesma referências de homenagem tais como: o número 55 da casa onde nasceram e foram criados os seus filhos; KIM, o diminutivo de Joaquim, pois a esposa sempre o tratou por Quim; 1944, a data do seu nascimento; os nomes dos filhos, netos e esposa também estão identificados.
 
Após, ter conhecimento do vinculo emocional, que está presente em toda esta história, e do objectivo de homenagear um pai que marcou a vida de uma família de forma tão positiva, não me vou adiantar com mais palavras, deixo-vos a sessão fotográfica do Beetle Kim – o automóvel que tem vida.
 

image0
image1
image6
image2
image3
image7
image4
image5
image8
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
image0
image1
image6
image2
image3
image7
image4
image5
image8
previous arrow
next arrow

 
Fotografias: Pedro Mota

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube