Este MGC altamente modificado pertenceu a John Cena

Clássicos 29 Dez 2023

Este MGC altamente modificado pertenceu a John Cena

O MGC esteve em produção apenas de 1967 a 1969, com poucas diferenças cosméticas em relação ao MGB. A principal alteração residia debaixo do capot, onde em vez do motor B-Series de quatro cilindros em linha e 1,8L de cilindrada estava o motor C-Series de seis cilindros em linha e 2,9L de cilindrada, aqui com 145cv de potência às 5.250rpm. Estava igualmente disponível nas carroçarias descapotável Roadster e coupé GT.


Porém, para John Cena, o antigo lutador de Wrestling, o motor de seis cilindros não era suficiente quando adquiriu o MGC GT presente neste artigo em 2020. Para colmatar esse ‘problema’, pediu à Ekstensive Metal Works para efectuar dievrsas alterações, o que incluiu um novo motor, aproveitando também para usar este exemplar no programa da Motor Trend TV, designado Texas Metal.


O motor escolhido foi o V8 LS3 de 6,2L de cilindrada e 430cv, acoplado a uma caixa Tremec T-56 de seis velocidades manuais. Para além deste, os travões e suspensão também foram alterados, para lidar com o grande aumento de potência. Foram instalados discos e pinças da Wilwood na travagem e, no campo da suspensão, foram instalados coilovers e um sistema 4-link na traseira, ao invés das molas de lâminas.


Exteriormente, recebeu um kit estético idêntico ao modelo que competiu em Sebring, que o tornou mais largo e mais agressivo. Para colmatar, foram instaladas umas jantes US Mags Rambler de 18”. O interior também foi todo estofado em pele azul, para condizer com o exterior, sendo adicionados alguns apontamentos em cor-de-laranja.


No passado dia 13 de Outubro foi vendido num leilão através da plataforma Bring a Trailer por 66.420 dólares, cerca de 61,5 mil euros.


Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube