Protótipo do dia: BMW M3 Compact

Clássicos 29 Nov 2023

Protótipo do dia: BMW M3 Compact

Por Tiago Nova

O BMW Serie 3 Compact viu a sua primeira geração (a E36/5) ser lançada em 1993, não sendo mais do que a versão de dois volumes do BMW Serie 3 E36. Tinha, por isto, uma arquitectura única em relação aos seus concorrentes, em que esta passava pelo posicionamento do motor na frente e a potência transmitida para as rodas traseiras. O Serie 3 Compact foi igualmente o primeiro hatchback da BMW desde o final de produção do BMW 2002 Touring, em 1974. Após ser substituído pelo nova geração do Compact E46/5 no ano 2000, este modelo desapareceria, surgindo no seu lugar o novo Serie 1, em 2004.


O modelo mais potente e desportivo da primeira geração do Serie 3 Compact, a E36/5 surgiu em 1997, designado como 323ti, e estava equipado com o motor de seis cilindros M52B25, de 2.5 litros, a produzir 174cv às 5500rpm e 245Nm às 3950rpm.


No entanto, o 323ti esteve para não ser o modelo mais potente do Serie 3 Compact, uma vez que a divisão M da BMW desenvolveu em 1996 um exemplar com a mecânica do M3, que nunca chegou à produção, muito porque os engenheiros acharam que era demasiado potente para a carroçaria e para o segmento em que estava inserido. Além disso, o M3 Compact foi produzido também como forma de presentear a revista alemã Auto Motor und Sport pelo seu 50º aniversário, pois foi a única revista a ter acesso a este automóvel.


O protótipo estava assim equipado com o motor de seis cilindros em linha S50B32 de 3,2L de cilindrada, a desenvolver 321cv de potência às 7.400rpm. A potência é enviada para as rodas traseiras através de uma caixa manual de cinco velocidades da ZF. O peso total do automóvel fixava-se nos 1.300kg, o que o tornava bastante leve.


Quando estava a ser desenvolvido, o M3 Compact focou-se no seu público alvo, que era mais jovem do que os que adquiririam o M3 Coupe, fazendo com que o M3 Compact tivesse menos ênfase no conforto e mais na condução. Isto levou a que o interior fosse mais minimalista e no lugar dos confortáveis bancos originais foram montadas duas backets da Recaro produzidas em fibra de carbono.


Exteriormente, o M3 Compact recebeu o mesmo tratamento do M3 E36 vendido na época, com os mesmos pára-choques na frente e traseira, embaladeiras e as características jantes de 17”. A excepção cabe ao pequeno spoiler incorporado na tampa da mala do automóvel e às quatro saídas de escape, exclusivas do M3 Compact e que poderão ter servido de inspiração para o modelo seguinte, o M3 E46.


Foi sem dúvida uma pena a BMW não ter avançado para a produção desta versão do M3, a qual seria certamente muito procurada pelos entusiastas, onde hoje é normal os desportivos do seu segmento terem potências a rondar os 300cv.


Felizmente, este único protótipo do M3 Compact ainda sobrevive e é guardado no parque de estacionamento subterrâneo das instalações da BMW Motorsport. Como curiosidade, este modelo esteve vários anos na obscuridade, pensando-se que teria sido destruído. Apenas em 2016 a BMW mostrou as suas fotos, levando-o às comemorações do 30º aniversário do M3.


Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube