O Nissan Z tributo aos 240Z que venceram o Rally Safari em 1971 e 1973

Modernos 24 Nov 2023

O Nissan Z tributo aos 240Z que venceram o Rally Safari em 1971 e 1973

A Nissan, tal como a Toyota, foi uma das marcas que marcou presença no SEMA Show de 2023, que decorreu entre os dias 31 de Outubro e 3 de Novembro. Para o certame levou um automóvel que atraiu os olhares de todos os que por lá passaram, um Z muito especial.


Em Abril de 2023 a Nissan iniciou a produção da sétima geração do Z, designada agora apenas por Z ou Fairlady Z no Japão, com o código interno RZ34, dado ser uma evolução do anterior 370Z Z34. Este modelo, que infelizmente não se encontra disponível no mercado europeu, está equipado com o motor V6 VR30DDTT Twin-Turbo de 405cv de potência, que pode ser acoplado a uma caixa manual de seis velocidades ou a uma automática de nove. Em Julho de 2023 foi lançada a versão Z Nismo, mais potente e focada para uso desportivo, com 426cv de potência.


No SEMA a Nissan apresentou o protótipo Z Safari Rally Tribute, construído em parceria com a Tommy Pike Customs, como tributo ao Datsun 240Z que competiu no Rally Safari de 1971, alcançando a vitória. O piloto Edgar Herrmann e o navegador Hans Schüller competiram ao longo de 6.100 quilómetros, não só contra os outros concorrentes como também contra as condições climatéricas. Em 1973 o Rally Safari foi de novo ganho por um Datsun 240Z, mas desta vez conduzido por Shekhar Mehta e Lofty Drews.


Como seria de esperar, a altura ao solo foi aumentada em 50mm com a adição de suspensão KW Safari e foram instalados pneus de terra Yokohama Geolandar M/T G003, e jantes protótipo Nismo Safari de 17”. A zona inferior do automóvel foi reforçada com uma protecção do motor construída em aço.


O exterior, para além da icónica decoração idêntica à do modelo original, viu serem ainda adicionados faróis auxiliares de LED da Nismo para aproximar ainda mais o novo modelo ao de 1971. No interior foi acrescentada uma barra de reforço atrás dos bancos, que serve também para prender os cintos de quatro pontos, e os bancos originais foram removidos, para no seu lugar serem instaladas duas backets Recaro Pole Position. No lado do passageiro, encontramos o mapa do Rally Safari, assim como alguns instrumentos analógicos.


O motor tem algumas alterações, nomeadamente na admissão de ar e no sistema de escape, que passou a ser o Nismo Track, além de uma gestão electrónica diferente elaborada pela AMS, que leva a potência ultrapassar os 400cv, não tendo no entanto a Nissan especificando o número concreto.


Como patrocinador original do 240Z de 1971, a Seiko volta também a reforçar a ligação ao Z Safari Rally Tribute e aproveita o momento para lançar o relógio Seiko Z Safari de produção limitada a 240 peças, inspirado nos manómetros originais do 240Z.


Apesar da Nissan não ter planos para a produção desta versão especial, observamos que tal poderia ser um bom concorrente a modelos como o Porsche 911 Dakar e o Lamborghini Huracán Sterrato.


Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube