Clássicos 11 Set 2023

Vídeo da semana: “C’etait un Rendez-Vous”, de Claude Lelouch

Hoje trazemos “C’etait un Rendez-Vous”, um filme de 1976 de Claude Lelouch, que nos mostra uma viagem de oito minutos por Paris durante as primeiras horas de uma alvorada de domingo em Agosto, quando grande parte de Paris está de férias ou ainda dorme, acompanhada pelos sons de um motor em alta rotação, passagens de caixa e pneus a chiar.

Tudo começa num túnel da Paris periférica em Porte Dauphine, com a vista a bordo de um automóvel invisível que sai numa estrada de acesso à Avenue Foch. Atravessamos monumentos conhecidos como o Arco do Triunfo, a Ópera Garnier e a Praça da Concórdia com o seu obelisco, bem como os Campos Elísios.

Os peões são ultrapassados, os pombos que se encontram nas ruas são dispersos, os sinais vermelhos são ignorados, as ruas de sentido único são percorridas em sentido contrário, as linhas centrais são ultrapassadas e o automóvel circula ainda pelo passeio para evitar um camião do lixo.


O automóvel nunca é visto, pois a câmara parece estar fixada por baixo do para-choques dianteiro (a julgar pelas posições relativas dos outros carros, pelo feixe de luz visível e pelo plano final em que este estaciona em frente a um lancil em Montmartre, com a famosa Basílica do Sacré-Cœur por trás e fora do campo de visão).

Aqui, o condutor sai e abraça uma jovem loira enquanto os sinos tocam ao longe, com o famoso pano de fundo de Paris.

Delicie-se com estes oito minutos de uma viagem que nos transporta para um cenário de outros tempos, na qual a emoção e os sons se transformam numa experiência imersiva única.

Fonte: Arte TV.

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube