Este Porsche 993 Turbo está equipado com o raro kit de potência WLS

Clássicos 07 Set 2023

Este Porsche 993 Turbo está equipado com o raro kit de potência WLS

A versão Turbo do Porsche 993 foi lançada em 1995 e adicionava dois turbos ao motor boxer de seis cilindros e 3,6 litros de cilindrada, debitando uma potência de 408cv. Este motor recebia ainda dois intercoolers ar-ar, uma nova electrónica de gestão do motor, cabeças do motor redesenhadas, entre outras. A potência era transmitida para as quatro rodas através de uma caixa manual de seis velocidades, com diferencial autoblocante na traseira.


O 993 Turbo foi assim o primeiro Porsche 911 equipado com dois turbos e tracção às quatro rodas, sistema este retirado do superdesportivo 959, além da caixa manual de seis velocidades. No entanto, o 993 Turbo não se ficava apenas pelas alterações mecânicas, já que também se distingue exteriormente, com abas traseiras cerca de seis centímetros mais largas, para-choques da frente e traseira redesenhados, assim como a característica asa traseira onde estão alojados os intercoolers. As jantes Twist de 18 polegadas completavam o icónico conjunto.


Para o 911 Turbo a Porsche disponibilizava um kit de potência designado de Werksleistungssteigerung: todo este “palavrão” significa “aumento de potência de fábrica”, em tradução livre, e podia ser também designado pelas siglas WLS. Este kit tinha uma nova gestão de motor e os turbos funcionavam a uma pressão superior, aumentando assim a potência para os 424cv. Pouco depois do lançamento do 993 Turbo S, a Porsche disponibilizou para o modelo Turbo o novo kit WLS 2, que substituía os turbos originais por dois KKK K24, igualando a potência do 911 GT2, agora com 444cv.


O Porsche 911 Turbo presente neste artigo está equipado com o raro kit WLS 2, produzido a 19 de Março de 1996 e vendido ao primeiro proprietário no Centro Porsche de Limburg, na Alemanha. Em Novembro de 1997 foi vendido ao segundo proprietário, que em 1999 pediu ao concessionário para aplicar o kit WLS 2. Este mesmo proprietário manteve o automóvel durante 18 anos, vendendo-o em 2012 para integrar a Carrera Collection.


No passado dia 12 de Julho foi levado a leilão, num evento organizado pela RM Sotheby’s e integrando os lotes de venda da Carrera Collection, alcançando cerca de 224 mil euros.


Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube