Este Land Rover Series I foi construído especificamente para uma expedição de 60 mil quilómetros em 1957

Clássicos 05 Ago 2023

Este Land Rover Series I foi construído especificamente para uma expedição de 60 mil quilómetros em 1957

Quando foi concebido, o Land Rover Series I, foi pensado para o melhor de dois mundos entre um tractor e um automóvel todo-o-terreno, de modo a ser utilizado nas mais variadas estradas e ultrapassar os mais diversos obstáculos. Assim, a Land Rover lançou o seu primeiro modelo em 1948, concebido por Maurice Wilks, mantendo-se em produção até 1958, quando foi substituído pelo Series II.


Até 1954 apenas existia uma carroçaria, a mais pequena de todas de 80 polegadas, passando a existir, a partir desse ano duas variantes, uma mais curta de 86in e 88in a partir de 1956, e outra mais longa, de 107in até 1956, passando a 109in a partir desse ano. Ao nível mecânico, estiveram disponíveis três motores, dois a gasolina de 1,6 e 2,0L de cilindrada e um diesel de 2,0L que apareceu somente em 1957, todos de quatro cilindros em linha.


Presente neste artigo está um Series I muito especial e único, conhecido por The Grizzly Torque. Foi encomendado pelo canadiano Robert Bateman e pelo seu amigo Bristol Foster com o objectivo de dar a volta ao mundo, que durou entre Julho de 1957 e Setembro de 1958, totalizando cerca de 60 mil quilómetros.


Com base no Series I Station Wagon com carroçaria de 107in e equipado com o motor de 2,0L a gasolina, o automóvel foi levado para a Pilchers of Wimbledon, de modo a criar uma carroçaria unicamente concebida para a expedição, pintada na cor Sand Beige, e que ainda hoje mantém.


Após voltar da expedição, o Land Rover foi utilizado alguns anos por Foster, sendo vendido a um estudante do Texas. Após a venda, Foster tentou por tudo voltar a encontrar o automóvel para o readquirir. Foi apenas encontrado em 2008 por um entusiasta da marca britânica, enquanto permanecia esquecido numa quinta na Colúmbia Britânica, já pintado de azul. Após a validação da sua identidade, foi adquirido por um entusiasta em 2014 e o Land Rover sofreu um extensivo restauro, de modo a ficar tal como estava quando arrancou para a expedição.


No próximo dia 18 de Agosto irá a leilão, através de um evento levado a cabo pela RM Sotheby’s, em Monterey. O seu valor estimado de venda situa-se entre os 70 e os 110 mil euros.


Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube