Tatra T77, um dos primeiros automóveis com ênfase na aerodinêmica

Clássicos 06 Abr 2023

Tatra T77, um dos primeiros automóveis com ênfase na aerodinêmica

O Tatra T77 foi um dos primeiros automóveis de produção onde a aerodinâmica teve um papel de relevo, desenhado e concebido por Hans Ledwinka, Erich Übelacker e Paul Jaray, este último o engenheiro responsável pelo dirigível Luftschiffbau Zeppelin. Foi lançado em 1934, com a produção a estender-se até 1938, com um total de apenas 249 unidades produzidas.

O seu motor, colocado na traseira, é um V8 arrefecido a ar, com uma cilindrada de 2,97 litros e uma potência de 60cv. Posteriormente, passou a contar com o motor de 3,4 litros e 75cv na versão T77a lançada em 1935. Acoplado ao motor está uma caixa manual de quatro velocidades. Devido ao seu baixo peso, para as dimensões, cerca de 1700 kg, o T77 conseguia atingir os 140 km/h de velocidade máxima.

Não só a carroçaria é bastante avançada, já que o motor também apresentava tecnologias futuristas para a época, como válvulas à cabeça, câmaras de combustão hemisféricas e lubrificação por cárter seco. Além disso, o motor, caixa de velocidades, suspensão e carroçaria tinham bastantes componentes construídos em magnésio. A suspensão também é inovadora para a época, sendo independente nas quatro rodas.



A sua aerodinâmica é tão boa que foi medida mais recentemente com um coeficiente de apenas 0.36. A sua carroçaria era construída na totalidade à mão, com um desenho elaborado num avançado túnel de vento, a primeira vez que algo do género foi feito num automóvel de produção.

Presente neste artigo está o nono Tatra T77 produzido no primeiro ano do modelo, ou seja, de 1934 e pensa-se que é um dos apenas cinco existentes no mundo em condições de circulação, num total de 106 exemplares produzidos da primeira série do T77.

Foi encomendado pelo Conde Jaromír Egon Czernin-Morzin para o utilizar nas suas férias nos Alpes. A sua história durante e após a Segunda Guerra Mundial é desconhecida, mas pensa-se que foi conduzido até aos anos 70, altura em que ficou esquecido na Eslováquia.

Em 2005 foi adquirido por um entusiasta alemão e em 2007 foi vendido para os EUA, onde sofreu um profundo restauro, elaborado pela International Auto Restoration, com início em 2012 e completado apenas em 2022, que superou o milhão de dólares.


No passado mês de Março foi oferecido em leilão pela RM Sotheby’s, na sua venda anual em Amelia Island, sendo arrematado por 390 mil dólares, cerca de 357,5 mil euros.


Tatra-T77-Car
Tatra-T77-Car-4
Tatra-T77-Car-2
Tatra-T77-Car-5
Tatra-T77-Car-1
Tatra-T77-Car-21
Tatra-T77-Car-6
Tatra-T77-Car-10
Tatra-T77-Car-7-scaled
Tatra-T77-Car-8
Tatra-T77-Car-3
Tatra-T77-Car-20
Tatra-T77-Car-13
Tatra-T77-Car-9
Tatra-T77-Car-12
Tatra-T77-Car-11
Tatra-T77-Car-14
Tatra-T77-Car-19
Tatra-T77-Car-15
Tatra-T77-Car-16
Tatra-T77-Car-17
previous arrow
next arrow
Tatra-T77-Car
Tatra-T77-Car-4
Tatra-T77-Car-2
Tatra-T77-Car-5
Tatra-T77-Car-1
Tatra-T77-Car-21
Tatra-T77-Car-6
Tatra-T77-Car-10
Tatra-T77-Car-7-scaled
Tatra-T77-Car-8
Tatra-T77-Car-3
Tatra-T77-Car-20
Tatra-T77-Car-13
Tatra-T77-Car-9
Tatra-T77-Car-12
Tatra-T77-Car-11
Tatra-T77-Car-14
Tatra-T77-Car-19
Tatra-T77-Car-15
Tatra-T77-Car-16
Tatra-T77-Car-17
previous arrow
next arrow

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube