25 factos sobre o Corvette que qualquer entusiasta gostará de saber

Clássicos 11 Mar 2023

25 factos sobre o Corvette que qualquer entusiasta gostará de saber

A Chevrolet tem construído Corvettes há 66 anos. No total, já produziu perto de 1,5 milhões de Vettes. Mais do que apenas um veículo desportivo de dois lugares, o Corvette é, efectivamente, um ícone americano. É, aliás, visto como o melhor automóvel desportivo de terras do Tio Sam e qualquer aficionado deveria possuir, pelo menos, um conhecimento básico das sete gerações do modelo.

1 – Primeiro Corvette com V8: A Chevrolet usou pela primeira vez um motor V8 no ano de 1955.

2 – Primeiro Coupé: O modelo Chevrolet Corvette C2 foi lançado, em 1963, como Coupé.

3 –  Primeiro com suspensão traseira independente: Também em 1963, o C2 tornou-se o primeiro Corvette com suspensão traseira independente.

4 – Primeiro com injecção de combustível: Em 1957, a Chevrolet expandiu o pequeno bloco do Corvette de 265 polegadas cúbicas para 283. Foi, aliás, nesse ano que a marca de Detroit teve o primeiro Vette com injecção de combustível.

5 – Primeiro com travões de disco: Ainda que os Jaguar C-Type e D-Type tenham vencido as 24 Horas de Le Mans nos anos 50 com travões de disco, a norte-americana Chevrolet não colocou a referida tecnologia no Corvette antes do ano de 1965.

6 – Primeiro big-block: O Chevrolet Corvette teve o primeiro big-block no ano de 1965. Tratou-se de uma instalação aplicada num total de 2157 Vettes.

7 – Primeiro com carburador triplo: A estreia do Corvette com carburador triplo deu-se no primeiríssimo Vette, corria o ano de 1953.

8 – Primeiro com dual quads: Em 1956, o engenheiro belga Zora Arkus-Duntov estava determinado a munir o Corvette da melhor performance possível. Embora o Vette tivesse estado a usar carburação múltipla desde 1953, em 1956 veio o primeiro V8 dual quad com 228 cv.

9 – Primeiro a ter capota com painéis removíveis: Cada Corvette Coupé construído de 1968 a 1982 possuía capota com painéis removíveis.

10 – Primeiro Stingray: Sting Ray (duas palavras) foi usado pela primeira vez no Corvette de 1963 e permaneceu em toda a geração C2. O C3 estreou em 1968 sem a denominação Sting Ray, designação que reapareceu no modelo de 1969 na forma de uma só palavra: Stingray.

11 – Primeiro com um bloco de motor de alumínio: Na actualidade, qualquer novo Corvette é movido por um motor todo em alumínio, mas o primeiro Vette a usar essa tecnologia de economia de peso foi o ZL1 de 1969.

12 – Primeiro com um capot funcional: O primeiro Corvette com um capot funcional foi o modelo de 1967.

13 – Primeiro sem bagageira: Entre os anos de 1963 e 1982, o Corvette não dispôs de bagageira.

14 – Primeiro com transeixo: Para melhor equilibrar e aprimorar o manuseamento do Corvette da quinta geração, que estreou em 1997, os engenheiros da Chevrolet moveram a caixa de velocidades para a parte traseira do automóvel.

15 – Primeiro com rodas e pneus de 17 polegadas: Em 1988, os Corvettes com as suspensões Z51 e Z52 e todos os modelos do 35.º aniversário usavam rodas de alumínio de 17 x 9,5 polegadas, que eram substancialmente maiores que as de 16 x 8,5 de outros modelos.

16 – Primeiro com DOHC: Até este momento houve apenas um Vette com dupla árvore de cames à cabeça: tratou-se do ZR-1, produzido entre os anos de 1990 e 1995.

17 – Primeiro com mais de 700 cv: O Corvette ZR1 de 2019 é o primeiro Vette com mais de 700 cv.

18 – Primeiro acima de 20 mil dólares: O Corvette Collector Edition de 1982 tornou-se o primeiro Vette com um preço base acima dos 20 mil dólares (22.537,59 dólares).

19 – Primeiro com rally wheels: A primeira aparição das rally wheels num Chevrolet Corvette deu-se no ano de 1967.

20 – Primeiro com caixa de quatro velocidades: A primeira vez que um Chevrolet Corvette dispôs de uma caixa de quatro velocidades teve lugar em 1957.

21 – Primeiro com rodas de alumínio: Um problema a nível de manufactura dificultou que as rodas de alumínio fossem produzidas antes de 1964, altura em que lograram tornar-se opção.

22 – Primeiro com faróis escondidos: Projectado por Larry Shinoda e Peter Brock, sob o comando do então director de design da General Motors, Bill Mitchell, o Corvette de 1963 foi o primeiro a ter faróis escondidos.

23 – Primeiro superalimentado: Os superchargers têm sido usados no Corvette desde o ZR1 de 2009.

24 – Primeiro a ser pace car na Indy 500: O Corvette foi pace car na Indy 500 umas incríveis 14 vezes, mais do que qualquer outro automóvel. 1978 foi o ano de estreia do Vette como pace car.

25 – Primeiro a correr em Le Mans: Em 1960, o norte-americano Briggs Cunningham levou três Corvettes às 24 Horas de Le Mans.

1-26219
2-26219
3-26219
4-26219
5-26219
6-26219
7-26219
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
1-26219
2-26219
3-26219
4-26219
5-26219
6-26219
7-26219
previous arrow
next arrow

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube