Gipsy, o Austin construído para rivalizar com o Land Rover

Clássicos 06 Fev 2023

Gipsy, o Austin construído para rivalizar com o Land Rover

O Austin Gipsy foi produzido de 1958 a 1968, com o objectivo de substituir o Austin Champ por um modelo melhor, para rivalizar com o Land Rover Series I, tanto no mercado civil, como no militar. Ao contrário do Land Rover, o Gipsy foi produzido com carroçaria de aço que era construída na Nuffield Metal Products.

Outra grande diferença era a suspensão, que no caso do Gipsy era independente nas quatro rodas, utilizando o sistema Flexitor, com molas de borracha, desenvolvidas por Alex Moulton. Nos últimos anos também estiveram disponíveis como opção as molas de lâminas, destinadas aos modelos que eram sujeitos a maior esforço.

A nível mecânico estava equipado com o motor a gasolina de 2,2 litros de cilindrada produzido pela BMC e idêntico ao utilizado no Austin A70, com válvulas à cabeça e debita 62cv às 4100rpm. Devido à sua baixa taxa de compressão, de 6.8:1, poderia utilizar combustível de baixa octanagem e de pior qualidade. Além deste, também estava disponível um motor a gasóleo também com 2,2 litros de cilindrada, que debita 55cv às 3500rpm. A potência era enviada para as rodas traseiras ou para as quatro rodas, através de uma caixa manualde quatro velocidades e uma caixa de transferências com duas velocidades.



Após a fusão da BMC com a Leyland, que deu origem à British Leyland, o Austin Gipsy e o Land Rover passaram a ser produzidos por marcas do mesmo grupo e não fazia sentido combaterem no mesmo segmento e foi decidido terminar a produção do Gipsy, uma vez que estava a vender em menor número. No total 21.208 unidades saíram das linhas de produção da BMC.

Presente neste artigo está um Austin Gipsy de 1965, que foi adquirido pelo Ministério do Interior e utilizado originalmente numa base nuclear do exército britânico, em North Wales, no País de Gales, durante a Guerra Fria. A sua utilização resumia-se à procura de sobreviventes caso houvesse um ataque nuclear, o que nunca aconteceu e este Gipsy acabou por ser pouco utilizado. No entanto, apenas foi reformado do exército em 1997, após 32 anos ao serviço, mas acumulando apenas 1600 milhas, cerca de 2500 km.

No passado dia 8 de Janeiro, este exemplar foi a leilão, através da Car & Classic, sendo arrematado por 14.250 libras, cerca de 16 mil euros.


Austin-Gipsy-16-scaled
Austin-Gipsy-19-scaled
Austin-Gipsy-21-scaled
Austin-Gipsy-8-scaled
Austin-Gipsy-6-scaled
Austin-Gipsy-11-scaled
Austin-Gipsy-18-scaled
Austin-Gipsy-14-scaled
Austin-Gipsy-23-scaled
Austin-Gipsy-24-2048x1494
Austin-Gipsy-25-scaled
Austin-Gipsy-scaled
previous arrow
next arrow
Austin-Gipsy-16-scaled
Austin-Gipsy-19-scaled
Austin-Gipsy-21-scaled
Austin-Gipsy-8-scaled
Austin-Gipsy-6-scaled
Austin-Gipsy-11-scaled
Austin-Gipsy-18-scaled
Austin-Gipsy-14-scaled
Austin-Gipsy-23-scaled
Austin-Gipsy-24-2048x1494
Austin-Gipsy-25-scaled
Austin-Gipsy-scaled
previous arrow
next arrow
Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube