Um Volvo P1800 com um coração britânico

Clássicos 25 Dez 2022

Um Volvo P1800 com um coração britânico

O Volvo P1800 é um coupé de 2+2 lugares, lançado pela marca sueca em 1961, mantendo-se à venda até 1973. O desenho esteve a cargo de Pelle Petterson, sob a tutela de Pietro Frua, quando o seu estúdio de design era uma subsidiária da Ghia.

A mecânica de quatro cilindros do P1800 era inicialmente de 1,8 litros, passando para os 2,0 litros em 1968. Ao longo da sua vida o P1800 mudou a sua designação, para 1800S quando, em 1963, a produção passou da fábrica da Jensen para a da Volvo, seguindo-se a designação 1800E quando o motor passou a estar equipado com injecção de combustível e, finalmente, para 1800ES, quando a carroçaria passou de coupé para a Shooting brake.

David Brown, que adquiriu a Aston Martin em 1947, teve a ideia de desenvolver um motor de quatro cilindros, 2,4 litros de cilindrada e 150cv de potência para vender a vários fabricantes, principalmente àqueles que não tinham a capacidade de produção de um motor nas suas melhores performances.



Este projecto, conhecido por DP208, teve início com um motor de seis cilindros do Aston Martin DB4, onde viu ser retirado dois cilindros, com todos os restantes componentes produzidos de raiz para este projecto.

Como a Volvo não tinha a capacidade de produzir do P1800, pois estava sob alçada da Jensen Motors, que por sua vez subcontratava a Pressed Steel para a produção das carroçarias, David Brown viu aqui a oportunidade de equipar o seu motor nos P1800 e, dessa forma, começou com este modelo como base. No entanto, a Volvo decidiu transferir a sua produção para a Suécia e é aí que o projecto da Aston Martin termina, provavelmente em 1964.

Segundo consta, foram produzidos três motores protótipos do projecto DP208 e colocados num Volvo P1800 mas que, aparentemente, foram destruídos. No entanto, em 2003, o terceiro motor produzido foi encontrado e adquirido pelo coleccionador de Aston Martin suíço Beat Roos, que iniciou uma extensa procura e pesquisa de todos os dados possíveis sobre estes protótipos, como foram produzidos na época. Ora, como os originais terão sido “destruídos”, Roos não teve outra solução se não adquirir um P1800 e equipa-lo com este motor único. A “cereja no topo do bolo” é o seu interior luxuoso e a cor British Racing Green.

No dia 29 de Dezembro, este Volvo P1800 único irá a leilão, num evento da Oldtimer Galerie Toffen, em Gstaad, na Suíça. O seu valor estimado de venda situa-se entre os 177 e os 227 mil euros.

dsc_9734
dsc_9698_0
dsc_9757_1
dsc_9703_1
dsc_9676_1
dsc_9688
dsc_9678
dsc_9689_0
dsc_9681_0
dsc_9691_0
dsc_9728_0
dsc_9699_0
dsc_9737
dsc_9701_1
dsc_9754
dsc_9710_3
dsc_9755_0
dsc_9712_1
dsc_9738
previous arrow
next arrow
dsc_9734
dsc_9698_0
dsc_9757_1
dsc_9703_1
dsc_9676_1
dsc_9688
dsc_9678
dsc_9689_0
dsc_9681_0
dsc_9691_0
dsc_9728_0
dsc_9699_0
dsc_9737
dsc_9701_1
dsc_9754
dsc_9710_3
dsc_9755_0
dsc_9712_1
dsc_9738
previous arrow
next arrow
Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube