Equipa belga vence Rally de Portugal Histórico

Competição 09 Out 2022

Equipa belga vence Rally de Portugal Histórico

A 16ª edição do Rally de Portugal Histórico justificou o estatuto da prova do ACP como uma das mais emblemáticas provas de Regularidade Histórica da Europa.

O Rally de Portugal Histórico voltou a ter emoção até ao final da prova com paisagens de uma beleza natural e o charme dos automóveis clássicos, numa edição ganha pelos belgas Yves Deflandre e Jennifer Hugo. Dupla do Porsche 911 chegou à sua terceira vitória na prova do ACP, igualando o recorde de triunfos de João Mexia Leitão.


Sete dezenas de equipas, na sua maioria estrangeiras, enfrentaram o desafio de percorrer mais de 2000 quilómetros por algumas das mais belas estradas de Portugal continental, aos comandos de modelos que marcaram a história do automóvel e do Rally de Portugal. 

Entre estes, reinaram as diferentes gerações do Porsche 911, com a potência e a fiabilidade do automóvel alemão a permitir aos pilotos franceses e belgas uma performance difícil de igualar nos selectivos e exigentes troços do Rally de Portugal Histórico. Christophe Baillet foi o piloto a bater durante a primeira fase da prova, mas o vencedor da edição de 2021 atrasou-se na passagem pela lendária zona de Arganil, na etapa de Quarta-feira. O compatriota Christophe Berteloot assumiu o comando, também ao volante de um Porsche, mas o francês não conseguiu suster a recuperação de Yves Deflandre. Foi em Mortágua que o belga navegado por Jennifer Hugo começou a construir a sua terceira vitória na prova, passando para a frente do rally e concentrando-se em gerir a vantagem até à chegada aos Jardins do Casino do Estoril, nas primeiras horas da madrugada de Sábado, já depois da famosa ‘noite de Sintra’.

Portugueses no pódio 

A consagração de Deflandre coincidiu com o famoso Estoril Classics, o palco ideal para o piloto belga celebrar o seu terceiro triunfo no Rally de Portugal Histórico, igualando o recorde de João Mexia Leitão. Berteloot ainda manteve o suspense quanto ao vencedor final, já que o francês terminou a escassos 5,3 pontos de Deflandre, com os portugueses Piero Dal Maso e Sancho Ramalho a também subirem ao pódio final, depois do seu Porsche 911 ter passado pela liderança do rali, ainda na primeira etapa. 


Outra dupla portuguesa, Domingos Santos e Filipe Menezes, foi a quarta classificada, enquanto os espanhóis Joaquim Muntada Colom/Jan Rosa Viñas completaram um top cinco monopolizado pelas diferentes versões do Porsche 911 (produzidos entre 1970 e 1983). Na classificação de equipas, vitória para a Catalunya Team 1 Mediterrania, logo seguida pela Portugal Clássicos, enquanto o Alfa Romeo Giulia da dupla Jean-Guy Monmarthe / Nicolas Guiset triunfou na Categoria C.  

Um total de 53 equipas chegaram ao final da prova, depois de 43 especiais e 2060 quilómetros de percurso, um número que atesta a resistência das verdadeiras máquinas do tempo que abrilhantaram o XVI Rally de Portugal Histórico. 


Classificação da XVI Rally de Portugal Histórico

1.º – Yves Deflandre / Jennifer Hugo (Porsche 911) 
2.º – Christophe Berteloot / Gengoux Baptiste (Porsche 911 SC), a 5,3 
3.º – Piero dal Maso / Sancho Ramalho (Porsche 911 2.2), a 194,6 
4.º – Domingos Santos / Filipe Menezes (Porsche 911 SC), a 335,5 
5.º – Joaquim Muntada Colom / Jan Rosas Viñas (Porsche 911 SC), a 346,1 
6.º – Yury Lysenko / Victor Polyakov (BMW Alpina), a 643,1 
7.º – Carles Miró Ylla / Ivan Matavacas Ramirez (Porsche 911 SC), a 653,3 
8.º – Ilya Kashin / Boris Kostyrko (VW Scirocco), a 671,5 
9.º – Jordi Pons Lluvia / Jessica Aguilar (Lancia Stratos), a 703,2 
10.º – Jorge Fanlo Cruz / Daniel Garcia (Porsche 911 SC), a 988,9


TAGS: ACP Estoril Classics Porsche 911 Rally de Portugal Histórico


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment