A origem do Baby Bugatti

Arquivos 16 Set 2022

A origem do Baby Bugatti

Em 1927 Ettore Bugatti elaborou e construiu o seu primeiro Bugatti “Baby”, com base e com metade do tamanho do Bugatti Type 35 Grand Prix como prenda de aniversário de seu filho Roland. Feito de alumínio e chapas de metal e que já incluía um painel de instrumentos, bancos de couro e um motor eléctrico de 12 volts conseguia atingir até 20km/h, conforme o estado da bateria.

Estes carros de pedais foram altamente detalhados, em todos os seus componentes, de forma a criar réplicas o mais fidedignas possíveis do automóvel que se baseava. Para isso foi preciso reduzir a suspensão e o interior para criar um dos melhores carros de pedis que se viu na época, se não o melhor.

Inicialmente o objectivo deste projecto era apenas criar um exemplar para Roland Bugatti, uma prenda de um pai dedicado. No entanto devido à resposta do público no Salão de Milão, em 1927, aquando a apresentação do modelo levou a que Ettore Bugatti decidisse comercializar o mesmo.




O Baby Bugatti foi feito para crianças desde os cinco aos oito anos e custava, originalmente, cerca de 3.000 a 5.000 francos, o que significa que apenas as pessoas mais ricas poderiam comprá-los para seus filhos.

Como foi anunciado no seu catálogo automóvel a Bugatti pretendia vender estes brinquedos para os clientes que adquiriam o Type 35, para que os seus filhos pudessem ter o mesmo automóvel que os pais.

Não demorou muito para que pequenos automóveis se tornassem populares e foi apenas uma questão de tempo até surgirem as primeiras corridas dedicadas aos mais jovens.

Entre 1927 e meados da década de 1930, foram produzidos cerca de 500 exemplares da Baby Bugatti, hoje em dia sabe-se da existência de apenas 100 exemplares.

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube