Silverstone Auctions leva a leilão raro Porsche 911 Turbo LE

Mercado 23 Ago 2022

Silverstone Auctions leva a leilão raro Porsche 911 Turbo LE

Decorria o ano de 1974 quando a Porsche introduzia no mercado o primeiro 911 que recorria a um sistema de sobrealimentação, através de um turbocompressor KKK, denominado de 911 Turbo, com o seu código interno de 930. Este modelo serviu também de base para a Porsche homologar o 911 para competir em Grupo 4, dando-lhe o nome de Porsche 934 e, também, para Grupo 5, sendo esse o Porsche 935.

Para além das alterações do motor, a estética também mudava, dando logo a entender de que modelo estávamos presentes. As cavas das rodas foram alargadas, para poder acomodar pneus mais largos, e foi montado na traseira um spoiler maior, conhecido por whale tail nos primeiros exemplares e tea tray nos seguintes.

Mas era no motor onde residiam as maiores alterações com o motor de 3,0 litros de cilindrada a debitar 260cv às 5500rpm. Em 1978 o motor aumentou a sua cilindrada para os 3,3 litros, assim como adicionou um intercooler ar-ar, aumentando a potência na mesma proporção, agora com 300cv. Em 1983 a potência voltou a subir com a adição do modelo 911 Turbo Sport, desta vez para os 330cv às 5750rpm.


Acoplado ao motor estava uma caixa de quatro velocidades, pois as caixas de cinco relações da época não conseguiam resistir ao binário. Apenas em 1989, no último ano de produção, chegou a caixa de cinco velocidades ao 911 Turbo, a conhecida caixa Getrag G50.

Para terminar a comercialização do 911 Turbo, a Porsche lançou em 1989 o 911 Turbo LE, de Limited Edition, limitada a 53 unidades, um para cada concessionário britânico. Estes últimos 911 Turbo foram retirados da linha de produção e enviados para o departamento Exclusive, para serem terminados à mão.

Estes exemplares vinham de série com o pack Sport Equipment, com entradas de ar nos guarda-lamas traseiros, centro das jantes pintadas à cor do automóvel, tecto de abrir eléctrico, saias laterais e um para-choques frontal diferente com um lip integrado e, no seu interior, um radiador de óleo.

Já no interior, estavam equipados com bancos eléctricos e aquecidos em pele que poderiam ser pintados na cor do automóvel, volante de três raios, travão de mão em pele e na consola central estava uma placa dourada que indicava ser uma edição limitada. Ao nível mecânico, os 911 Turbo LE recebiam um autoblocante.

Presente neste artigo está um exemplar que apenas percorreu 25 mil milhas, cerca de 40 mil quilómetros, pintado na cor Grand Prix White. Foi registado no dia 1 de Agosto de 1989, vendido pelo concessionário Porsche Centre of Newcastle ao presidente do clube de futebol da cidade. Vai a leilão no próximo dia 28 de Agosto, no evento The Classic Sale da Silverstone Auctions, com um valor de venda estimado situado entre os 166 mil e os 214 mil euros.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
previous arrow
next arrow
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
previous arrow
next arrow

TAGS: Porsche 911 Turbo Porsche Exclusive Manufaktur Silverstone Auctions


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment