AMC Eagle Sundancer, um conceito diferente de automóvel

Clássicos 19 Ago 2022

AMC Eagle Sundancer, um conceito diferente de automóvel

Por Tiago Nova

O AMC Eagle pode ser considerado como o avô dos crossovers actuais, pois mistura o automóvel tradicional com capacidades foram de estrada e uma maior altura ao solo. Com base no AMC Concord, a American Motors Corporation desenvolveu uma versão de quatro rodas motrizes e mais elevada, lançada em Agosto de 1979, com carroçarias de duas portas, berlina de quatro portas e carrinha de cinco portas. A produção continuou até Dezembro de 1987.

Se já por si, o conceito do AMC Eagle é diferente de tudo até então construído e até mesmo na actualidade, que dizer da sua versão descapotável? De 1981 a 1982 estava disponível sob encomenda uma versão descapotável de duas portas, designada de Eagle Sundancer, só disponível em certos concessionários da American Motors Corporation.

Esta versão foi o resultado da colaboração entre a AMC e a Griffith Company, para a conversão do Eagle, com o primeiro protótipo a ser mostrado à administração em 1980, dando esta, luz verde para a sua construção. A Griffith Company era especialista na conversão de automóveis de competição com base nos TVR, iniciando aqui as suas primeiras transformações em automóveis descapotáveis.



A carroçaria monocoque do AMC Eagle foi reforçada, devido à falta de um tejadilho e, foi adicionada uma barra a meio do habitáculo, idêntico ao utilizado nos automóveis targa. A zona frontal do tejadilho tem um tecto de fibra removível, enquanto que na traseira tem uma lona que pode ser recolhida. Exteriormente, poderia ser escolhida qualquer cor, no entanto, em relação ao interior só estava disponível a cor Nutmeg, com pele Chelsea. Grande parte dos exemplares transformados tinham por base a versão Limited, mas existem alguns na versão Sport.

Todos os Sundancer estavam equipados com o motor de seis cilindros em linha de 4,2 litros e 100 cv. Acoplado ao motor poderia estar uma caixa automática de três velocidades, ou uma manual de quatro velocidades. Nos exemplares de 1982 a caixa manual de quatro velocidades foi substituída por uma de cinco velocidades com overdrive.

Não foram produzidos muitos exemplares, pois a sua conversão era cara, custando mais 3.000 dólares na época. Acredita-se que terão sido convertidos cerca de 200 Eagle Sundancer. Hoje é um automóvel com bastante interesse para coleccionar, pois é extremamente raro, a par com o tradicional AMC Eagle.

tumblr_nfr7o41ekn1ti77kbo4_1280
3a8ba2ae1e27b01b08970d8450126407
9-001
81-sundancer-in-beige
I7d7T1g
img_0730
sundancer-brochure-1-001-copy
sundancer-interior-001
previous arrow
next arrow
tumblr_nfr7o41ekn1ti77kbo4_1280
3a8ba2ae1e27b01b08970d8450126407
9-001
81-sundancer-in-beige
I7d7T1g
img_0730
sundancer-brochure-1-001-copy
sundancer-interior-001
previous arrow
next arrow
Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube