Arrowhead Teardrop Car, o automóvel mais aerodinâmico da década de 30

Clássicos 06 Ago 2022

Arrowhead Teardrop Car, o automóvel mais aerodinâmico da década de 30

Nos primórdios do mundo automóvel, os fabricantes davam pouca importância à aerodinâmica, apesar de haver alguns inventores um pouco mais à frente que davam formas mais arredondadas aos seus automóveis. Só na década de 1920 é que os engenheiros começaram a dar mais importância à forma do automóvel, pois constataram que isso influenciava a sua velocidade, algo que foi evoluindo, principalmente na competição.

No ano de 1936 é construído o Arrowhead Teardrop Car, na Califórnia, em que os seus criadores o aclamavam como sendo “America’s first truly streamlined automobile“, ou seja, o primeiro automóvel americano verdadeiramente aerodinâmico. O desenho do Arrowhead Teardrop Car é, claramente, inspirado na gota de água, que é considerada a forma mais aerodinâmica na natureza, no entanto, não significa que essa forma seja a mais eficaz nos automóveis.

O design deste automóvel esteve a cargo de W. Everett Miller, que trabalhava na carroceira de Walter M. Murphy. A carroçaria construída em alumínio é moldada numa estrutura de madeira e foi produzida com a ajuda da Advance Auto Body Works de Los Angeles. As únicas aberturas do automóvel eram as duas portas que davam acesso ao interior e o capot traseiro. O faróis utilizados eram da Woodlites, tal como os utilizados nos automóveis Cord, mas embutidos na carroçaria. O automóvel seria pintado na cor Aquamarine Blue.



O Teardrop Car tinha apenas três rodas e movia-se através de um motor Ford V8 colocado na zona central traseira do automóvel, que dava potência às rodas da frente. Sim, isso mesmo, um automóvel de motor V8 central com tracção frontal. A única roda traseira era responsável pela direcção. Os travões eram hidráulicos da Lockheed, que operavam nas três rodas.

Apesar do marketing assim o indicar, este automóvel não foi construído com objectivo de ser aerodinâmico, mas sim de servir de publicidade para a empresa que o construiu, a Arrowhead Spring Water Company, que vende águas engarrafadas, daí a sua forma em gota de água.

Em Junho de 1937, o Automobile Trade Journal reportou que o automóvel foi severamente danificado num acidente e a sua reparação era inviável. Ao que parece, apesar de não haver nenhuma prova, o único Arrowhead Teardrop Car produzido foi para a sucata. No entanto, informações mais recentes, dão conta de uma foto tirada na década de 40, com o automóvel reparado e a fazer publicidade à Craig Oil. O que é certo é que até à data, não se sabe do paradeiro do único exemplar construído.

36-Arrowhead-side-view-by-brick-wall
36-Arrowhead-engine-cover-lifted
47-Arrowhead-tail-end
1936-Arrowhead-chassis-600
1937-Arrowhead-by-W.E.-Miller_2
353551
scan_728a
scan0001
SIA-ArrowheadCar_lede
Arrowhead_700
36-Arrowhead-Tear-Drop-via-Craig-Oil-Co
previous arrow
next arrow
36-Arrowhead-side-view-by-brick-wall
36-Arrowhead-engine-cover-lifted
47-Arrowhead-tail-end
1936-Arrowhead-chassis-600
1937-Arrowhead-by-W.E.-Miller_2
353551
scan_728a
scan0001
SIA-ArrowheadCar_lede
Arrowhead_700
36-Arrowhead-Tear-Drop-via-Craig-Oil-Co
previous arrow
next arrow

TAGS: Advance Auto Body Works Arrowhead Teardrop Car Walter M. Murphy


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment