O Lancia Stratos que foi construído para competir em provas de resistência

Competição 03 Ago 2022

O Lancia Stratos que foi construído para competir em provas de resistência

O Lancia Stratos HF nasceu com o prepósito de ser a arma com que a marca italiana iria combater no Campeonato do Mundo de Ralis e que acabaria por ganhar durante três anos seguidos, de 1974 a 1976. O seu desenho esteve a cargo de Marcelo Gandini, na Bertone, e o protótipo do modelo de produção foi apresentando no Salão de Turim de 1971, que tinha por base outro protótipo da Bertone, o Stratos Zero, apresentado no mesmo Salão no ano anterior.

Mas tal como muitos outros automóveis desportivos, era necessário a produção de versões de estrada para a homologação do Stratos na categoria de Grupo 4, algo que aconteceu a partir de 1973, terminando em 1976 ao fim de 492 exemplares construídos.

Todos os exemplares estavam equipados com o motor Dino V6 de origem Ferrari de 2,4 litros de cilindrada e uma potência de 190cv nas versões de estrada. O motor está acoplado a uma caixa manual de cinco velocidades manuais.



No entanto, nem todos os Stratos competiram nos ralis, como é o caso do exemplar deste artigo, que foi adquirido novo em Itália em 1976 pelo piloto Anatoly Arutunoff mas, ao invés de o preparar para ralis, decidiu que ia competir com ele em provas de resistência nos EUA, onde competiu nas 24 Horas de Daytona, 12 Horas de Sebring, nas 6 Horas de Watkins Glen, entre outras, com o objectivo de bater os Porsche na categoria a baixo dos 2,5 litros.

Para o Stratos ficar de acordo com os regulamentos da IMSA, o spoiler superior no tejadilho foi retirado e a carroçaria viu as suas cavas das rodas alargadas, principalmente na traseira, para poder equipar com pneus mais largos, para uma melhor aderência nos circuitos. Na frente foi adicionado um spoiler, para melhorar a aerodinâmica. Já no interior, este foi despido de tudo o que não era necessário, sendo adicionada uma backet e rollcage. No final, o automóvel seria conhecido pelo “The Duke” devido à sua cor amarela.

A carreira desportiva deste Stratos teve início em 1977, sendo inaugurado nas 24 Horas de Daytona desse ano, fazendo com que seja o único Lancia Stratos que competiu nessa icónica prova. A carreira iria terminar em 1984, no Budweiser Grand Prix of Miami. Após deixar de ser utilizado em competição, o automóvel foi deixado tal como estava na última prova, sendo vendido em 1986 ao actual proprietário, que o manteve na mesma forma.

Irá agora a leilão, num evento organizado pela RM Sotheby’s nos próximos dias 18 a 20 de Agosto, aquando do Monterey Car Week. Juntamente com o automóvel seguem algumas das peças originais que foram removidas aquando da transformação, assim como painéis da carroçaria. O leilão deste Stratos irá ocorrer no dia 19 de Agosto com um valor de venda estimado entre os 390 e os 600 mil euros.

Lancia-Stratos-HF-Race-Car-2048x1307
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-2
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-1
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-3
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-4
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-5
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-6
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-7
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-8
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-11
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-12
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-13
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-14
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-15
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-17
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-18
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-19
previous arrow
next arrow
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-2048x1307
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-2
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-1
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-3
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-4
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-5
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-6
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-7
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-8
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-11
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-12
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-13
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-14
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-15
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-17
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-18
Lancia-Stratos-HF-Race-Car-19
previous arrow
next arrow

TAGS: Anatoly Arutunoff IMSA Lancia Stratos RM Sotheby's


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment