As dez jantes mais marcantes dos anos 80

Clássicos 06 Jul 2022

As dez jantes mais marcantes dos anos 80

Durante os anos 80 vários foram os automóveis que se apresentaram com jantes peculiares, umas com desenhos míticos, outras totalmente diferentes do normal. Mostramos-lhe as dez jantes mais marcantes da década de 80.
 

Alfa Romeo GTV6

 

 
O Alfa Romeo GTV6 foi um automóvel dominador nos campeonatos de automóveis de turismo de 1982 a 1985. Por esse motivo, a Alfa Romeo disponibilizava a opção de adquirir as jantes Ronal A1, idênticas às utilizadas na competição, nos GTV6.
 

Alpine GTA V6 Turbo

 

 
A década de 80 foi aquele onde a tecnologia turbo proliferou em vários modelos, tanto nos motores, como nos desenhos das jantes. O Alpine GTA V6 Turbo vinha com as típicas jantes “turbo”, onde as aberturas são utilizadas para retirar calor dos travões.
 

Audi Quattro

 

 
O Audi Quattro foi um automóvel que marcou a década de 80, muito por culpa da inovação do sistema de tracção integral. Ao mesmo tempo, vinha com umas jantes raiadas Ronal R8, que poderiam ser brancas, muito idênticas às utilizadas nas máquinas de ralis.
 

Isuzu Piazza

 

 
O Isuzu Piazza foi um automóvel desenhado por Giorgetto Giugiaro, com um design em cunha. As jantes que utiliza são das mais caricatas do mercado, mas também foi isso que marcou os anos 80, com vários quadrados.
 

Lancia Delta HF Integrale

 

 
Este modelo dispensa qualquer apresentação, já é habitual aparecer nas listas de qualquer que seja o tema dos anos 80. As suas jantes, como não poderiam deixar de ser, são bastante icónicas, com o seu design típico italiano, mítico do Delta HF Integrale e Integrale 16V.
 

Mazda RX-7

 

 
Que desenho adoptar nas jantes de um automóvel com motor Wankel? Exactamente, jantes de três raios com a forma do rotor, ou seja, o RX-7 tem dois rotores no motor e mais quatro nas jantes. O desenho dos rotores nas jantes vai ao pormenor, pois até o lugar dos “apex seals” existe, só mesmo os japoneses para produzir algo assim.
 

Porsche 944

 

 
A Porsche tem nas jantes Fuchs aquelas que são as mais conhecidas, mas existem mais modelos de jantes da marca alemã. As jantes do Porsche 944, que parecem as rodas dos telefones antigos, conhecidas em inglês por “Phone Dials”, são outro modelo bastante icónico. Estas jantes também estavam disponíveis no Porsche 928.
 

Saab 900 Aero

 

 
As jantes da Saab, principalmente nas versões mais desportivas dos seus modelos, sempre foram conhecidas por ter um design simples mas marcante. As jantes do Saab 900 Aero não são excepção, são jantes simples, de três raios, mas que se enquadram muito bem no modelo, com linhas bastante rectas.
 

Toyota Celica Supra

 

 
As jantes do Toyota Celica Supra, designadas de P-Style, são o reflexo da época, com os seus quatro raios e desenho muito recto, mas ao mesmo tempo com bastantes pormenores.
 

Pontiac Firebird Trans-Am GTA

 

 
O Pontiac Firebird Trans-Am GTA vinha de série com umas jantes inspiradas na competição, donde era também retirado o nome do modelo. Estas jantes, eram no fundo, réplicas das BBS E50, com o centro dourado e a aba polida.

Classificados

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
José Gonçalves Recent comment authors
José Gonçalves
Visitante
José Gonçalves

Se o artigo fosse das 12 jantes mais marcantes, tinham de incluir as BBS vistas em tantos modelos como VW G40/G60 ou BMW M3 e as tripartidas do F40 🙂

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube