Bonhams leva a leilão o único Jaguar XJ-S V12 Lynx Eventer idealizado por Paolo Gucci

Mercado 20 Jun 2022

Bonhams leva a leilão o único Jaguar XJ-S V12 Lynx Eventer idealizado por Paolo Gucci

O Jaguar XJ-S foi lançado no mercado a 10 de Setembro de 1975, mantendo-se em produção até 1996, disponível em duas carroçarias, o coupé e o descapotável, construído sob a base da berlina XJ. O seu desenho inicial esteve a cargo de Malcolm Sayer, no entanto, este viria a falecer em 1970. A partir de 1990, a Jaguar procedeu a um redesenho do modelo, já sob o controlo da Ford, e o nome perdeu o hifene, ficando apenas XJS.

A primeira série do XJ-S, produzida de 1975 a 1981, estava disponível apenas com o motor V12 de 5,3 litros de cilindrada, que podia ser acoplado a uma caixa manual ou uma automática BorgWarner Model 12, no entanto, a caixa manual foi descontinuada pouco depois e, em 1977, a automática foi substituída por uma Turbo-Hydramatic 400.

A partir de Julho de 1981 iniciou-se a comercialização da segunda série, conhecida por HE, que se manteve até 1991. O nome HE provém da introdução do novo motor V12, um motor melhorado tendo em conta as emissões e consumos, recebendo a designação de High-Efficiency, elevando ainda assim a potência para os 295cv. Em 1983 apareceu o motor de seis cilindros em linha, o Jaguar AJ6, com 3,6 litros de cilindrada que só estava acoplado a uma caixa manual Getrag 265 de cinco velocidades, enquanto o V12 só estava disponível com caixa automática ZF 4HP22 de quatro velocidades e que, a partir de 1987, passou também a equipar o modelo de seis cilindros. Como já foi dito acima, a partir de 1991 entra a última série redesenhada do XJS, até à sua substituição pelo Jaguar XK8 em 1996.



No total, mais de 110.000 exemplares foram produzidos de todas as séries do XJ-S e XJS, no entanto, existem modelos muito mais raros produzidos não pela Jaguar, mas por empresas externas. Um desses casos são as carrinhas produzidas com base no XJ-S pela Lynx, e denominados Jaguar XJ-S Lynx Eventer, onde era alongado o tejadilho, os bancos traseiros eram movidos mais para trás, com o tanque de combustível reposicionado e era adicionada uma porta da bagageira completa, criando uma carrinha Shooting Brake de três portas. No total, terão sido produzidas cerca de 67 exemplares, sendo que 52 são do modelo XJ-S e 15 são da última série XJS.

O exemplar presente neste artigo é um Jaguar XJ-S HE Lynx Eventer de 1987, no entanto, é ainda mais raro que os restantes, pois foi o único desenhado por Paolo Gucci, da famosa família Gucci, sendo ele o antigo director de design e coordenador de producto. Este automóvel tem a particularidade de ter o interior todo estufado em pele azul, trabalho realizado em Itália, incluindo a carpete da bagageira, decorada especialmente para este exemplar.

A ideia deste modelo era produzir uma série limitada com o cunho da marca Gucci, estando planeados a construção de 20 exemplares. Quando este protótipo foi terminado, foi apresentado no Salão de Genebra de 1990, no entanto, durante o evento, Paolo foi surpreendido pelos advogados da família que o obrigaram a retirar todas as menções à Família Gucci e a série limitada não avançou, sendo este o único exemplar produzido.

Agora, esta rara peça vai a leilão, no próximo dia 24 de Junho, num evento organizado pela Bonhams, aquando do Goodwood Festival of Speed, com um valor de venda situado entre os 80 mil e os 115 mil euros.

guccilynx6
guccilynx7
guccilynx0
guccilynx1
guccilynx5
guccilynx2
guccilynx13
guccilynx3
guccilynx4
guccilynx8
guccilynx9
guccilynx10
guccilynx11
guccilynx12
guccilynx14
previous arrow
next arrow
guccilynx6
guccilynx7
guccilynx0
guccilynx1
guccilynx5
guccilynx2
guccilynx13
guccilynx3
guccilynx4
guccilynx8
guccilynx9
guccilynx10
guccilynx11
guccilynx12
guccilynx14
previous arrow
next arrow

TAGS: Bonhams Gucci Jaguar XJS V12 Lynx Paolo Gucci


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment