Carlos Tavares ao volante de um Lancia Stratos no Rally Histórico de Monte Carlo

Competição 28 Jan 2022

Carlos Tavares ao volante de um Lancia Stratos no Rally Histórico de Monte Carlo

Ontem, dia 27 de Janeiro, arrancou para a estrada o 24º Rallly Histórico de Monte Carlo, um dos maiores eventos de automóveis clássicos do mundo. Das 263 tripulações inscritas, destaca-se Carlos Tavares, CEO do Grupo Stellantis, que participará na prova ao volante de um Lancia Stratos HF de 1975.

Nesta edição, o Rally Histórico de Monte Carlo acontece no seu formato tradicional, com a partida a fazer-se de três locais diferentes de Bad Homburg, de Reims – de onde Carlos Tavares sairá num Stratos – e Milão. As diferentes equipas irão partir em simultâneo rumo a Monte Carlo, onde terá início uma competição tão lendária como exigente, com um total de 17 provas de regularidade, integradas num percurso de quase 300 quilómetros, e que terminará, como sempre, no Principado, na Quarta-feira, dia 2 de Fevereiro.

O Stratos HF é um verdadeiro marco na história da marca e foi um modelo fortemente desejado para substituir o Lancia Fulvia HF nas competições mundiais. Foram apenas produzidos 500 unidades pelo construtor de Turim, Nuccio Bertone. O Stratos é um elegante coupé equipado com um motor de 6 cilindros em V Dino 246 Ferrari montado na traseira, com uma potência máxima de 320cv, na versão de 24 válvulas.


Estreou-se oficialmente em 1974 e foi o primeiro modelo do mundo a ser pensado especificamente para ralis, tendo como única missão ser imbatível em qualquer terreno seja em pistas, estradas ou num percurso de terra batida.

A partir de 1975, os Stratos passaram a exibir as cores verde e branco da Alitalia na sua decoração. Os elementos gráficos que celebravam esse patrocinador mudaram, tornando-se num ícone dois anos depois, quando o logótipo tricolor da companhia aérea italiana foi dividido e harmonizado com a forma em cunha do Stratos. Até hoje, a decoração Alitalia dos Stratos é considerada uma das mais belas de toda a história do desporto automóvel.

Verdadeiro “bête à gagner” (besta a bater) como lhe chamaram os franceses, os Stratos dominaram o panorama dos ralis internacionais, deixando apenas “migalhas” para os seus adversários. Venceu três edições consecutivas do Rally de Monte Carlo, três Campeonatos do Mundo de Construtores (1974 a 1976) e dois Campeonatos da Europa de Pilotos, para além da vitória de Sandro Munari na Taça FIA de 1977 para Pilotos de Rallys.

A participação do Lancia Stratos no Rally Histórico de Monte Carlo presta, assim, homenagem aos mais de 115 anos de história de uma marca com mais vitórias em rallys do que qualquer outra. À data, a Lancia soma nada menos do que 15 títulos mundiais de pilotos e construtores, para além da conquista histórica de três Campeonatos do Mundo de Construtores e de Resistência, uma 1000 Miglia, duas vitórias no Targa Florio e uma na Carrera Panamericana.

Uma extraordinária vitrina de troféus que confirma a tradição desportiva de uma marca que remonta ao seu fundador Vincenzo Lancia, um piloto apaixonado que ganhou várias competições na temporada de 1908-09.


TAGS: Lancia Lancia Stratos Rali Monte-Carlo Histórico Stellantis


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment