Audi Quattro Roadster, toda a potência do modelo, mas de cabelos ao vento

Clássicos 01 Jan 2022

Audi Quattro Roadster, toda a potência do modelo, mas de cabelos ao vento

Por Tiago Nova

A 3 de Março de 1980, a Audi revolucionaria o mundo automóvel e, especialmente, o mundo dos ralis, com a apresentação do Audi Quattro, no Salão de Genebra. O Ur-Quattro, como também é conhecido, proveio da imaginação de Jörg Bensinger, após testar as funcionalidades do sistema de quatro rodas motrizes no Volkswagen Iltis, ajudado pelo facto da FIA passar a permitir automóveis de tracção total nos ralis.

O Audi Quattro utiliza a plataforma do Audi 80, mas aqui com um formato coupé e que seria, posteriormente, utilizado no Audi Coupe, que curiosamente foi lançado após o Quattro. A carroçaria é muito semelhante, mas no Audi Coupe esta é menos agressiva, mesmo tendo sido equipada com uma versão de quatro rodas motrizes, mas sem turbo. Utiliza uma maior abrangência de motores, de quatro e cinco cilindros, com cilindradas de 1,6 a 2,3 litros.

Voltando ao Audi Quattro, o desenvolvimento do sistema, na altura utilizando um Audi 80, ficou a cargo de Walter Treser, que como iremos ver mais à frente, teve um papel fundamental na produção de automóveis únicos com base em modelos Audi. O Quattro iria também marcar a história automóvel, ao ser o primeiro modelo a consolidar o motor frontal com sobrealimentação e tracção integral.


Inicialmente, o Quattro esteva disponível com o motor turbo de cinco cilindros em linha, com 2144cc, uma única árvore de cames à cabeça e dez válvulas, para produzir 200cv e 285 Nm de binário. Posteriormente, em 1989, o motor é alargado para os 2226cc e a cabeça é alterada para agora receber duas árvores de cames e 20 válvulas no total, para uma potência de 220cv. A 17 de Maio de 1991, os últimos Quattro seriam produzidos, para dar lugar a uma nova geração.

Entretanto, Walter Treser tinha saído da Audi e decidiu fundar a sua própria empresa, a Treser, para produzir automóveis únicos, com base nos modelos que melhor conhecia. Um dos seus sonhos sempre foi produzir uma versão descapotável do Audi Quattro, algo que a direcção da Audi não concordava, mas, agora com a sua empresa, Walter podia fazer então a versão que sempre quis.

O Treser Audi Quattro Roadster, como é denominado, foi apresentado no Salão de Frankfurt de 1983, sendo então a primeira conversão do Quattro em descapotável, algo que outros preparadores fizeram nos anos seguinte.

O Audi Quattro Roadster da Treser estava equipado com um hardtop em fibra de vidro, que nos primeiros exemplares eram operados manualmente, sendo preciso pressionar um botão para abrir a secção traseira e depois tinha-se que abrir dois linguetes e empurrar o tejadilho para a bagageira. Posteriormente, foi instalado um sistema automático, com actuadores hidráulicos, sendo só necessário abrir os linguetes.

Devido ao facto de o tejadilho ser bastante grande, os bancos traseiros tiveram de ser substituídos por uns diferentes e foram recolocados mais à frente, não sendo, por esse motivo, possível sentar dois adultos na traseira. Walter Treser adicionou vários reforços ao chassis do Quattro, visto ter perdido rigidez por agora já não ter o tejadilho rígido. Além disso, recebeu jantes TRX, pára-choques diferentes, alargamentos da carroçaria mais pronunciados, suspensão desportiva e havia ainda a possibilidade de ser aumentada a potência em 50cv, passando assim a debitar 250cv.

A produção do Treser Audi Quattro Roadster durou até 1995, altura em que produziu cerca de 39 exemplares, com a grande maioria a ser vendidos no Médio Oriente, E.U.A e Reino Unido, com alguns modelos produzidos de volante à direita. O exemplar que foi apresentado ao público foi o primeiro construído e o protótipo, pois tem algumas diferenças em relação aos restantes, como a cobertura do tejadilho quando recolhido e o aileron traseiro.

treser_audi_quattro_roadster_1
treser_audi_quattro_roadster_7
treser_audi_quattro_roadster_5
treser_audi_quattro_roadster_6
910
treser_audi_quattro_roadster_8
AUDI QUATTRO ROADSTER TRESER 1984 05
AUDI QUATTRO ROADSTER TRESER 1984 08
AUDI QUATTRO ROADSTER TRESER 1984 09
AUDI QUATTRO ROADSTER TRESER 1984 10
AUDI QUATTRO ROADSTER TRESER 1984 13
treser_audi_quattro_roadster_2
treser_audi_quattro_roadster_3
treser_audi_quattro_roadster_4
treser-audi-quattro-convertible-05
Treser-Audi-Quattro-Convertible-21
previous arrow
next arrow
treser_audi_quattro_roadster_1
treser_audi_quattro_roadster_7
treser_audi_quattro_roadster_5
treser_audi_quattro_roadster_6
910
treser_audi_quattro_roadster_8
AUDI QUATTRO ROADSTER TRESER 1984 05
AUDI QUATTRO ROADSTER TRESER 1984 08
AUDI QUATTRO ROADSTER TRESER 1984 09
AUDI QUATTRO ROADSTER TRESER 1984 10
AUDI QUATTRO ROADSTER TRESER 1984 13
treser_audi_quattro_roadster_2
treser_audi_quattro_roadster_3
treser_audi_quattro_roadster_4
treser-audi-quattro-convertible-05
Treser-Audi-Quattro-Convertible-21
previous arrow
next arrow

TAGS: Audi quattro Treser Walter Treser


PARTILHAR:

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Francisco José Bergamo Recent comment authors
Francisco José Bergamo
Membro
Francisco José Bergamo

Horrível, mesmo para a época, design monstruoso, linhas retas com curvas, janelinha de barco….. detestei…. está explicado porque a direção da Audi não concordava…