Matra MS120, o último Fórmula 1 da equipa francesa

Competição 31 Dez 2021

Matra MS120, o último Fórmula 1 da equipa francesa

Por Tiago Nova

Após vencer o campeonato de Fórmula 1 de 1969, tanto o de construtores, como o de pilotos com Jackie Stewart, a Matra desenvolveu o seu último automóvel para esta modalidade em 1970, continuando a competir até 1972, através de evoluções efectuadas ao MS120.O Matra MS120 foi construído no departamento de Fórmula 1 da Matra, em Vélizy-Villacoublay, nos subúrbios de Paris, sob a direcção de Gérard Ducarouge e Bernard Boyer, em 1970, com base no MS80.
 
Para o campeonato de 1970, a Equipe Matra Elf escolheu dois pilotos franceses para defender as suas cores, Jean-Pierre Beltoise e Henri Pescarolo. O primeiro Grande Prémio disputado foi o da África do Sul, onde Beltoise conseguiu um bom quarto lugar.  No Mónaco, Pescarolo conseguiu arrecadar um terceiro lugar. O resto da temporada ficou marcada por alguns lugares pouco animadores e várias desistências, devido ao motor pouco fiável.
 
Para 1971, a designada agora Equipe Matra Sports, viu Pescarolo sair sendo substituído pelo neozelandês Chris Amon. Nesta temporada o Matra MS120 foi evoluído, passando a designar-se MS120B. Beltoise teve um grande acidente, nos 1000km de Buenos Aires de 1971, quando defendia a equipa Matra no Campeonato Internacional de Marcas, onde faleceu o piloto Ignazio Giuti. Por esse motivo, a licença internacional de Beltoise ficou suspensa por algum tempo.
 
Chris Amon venceu a prova extra-campeonato, o Grande Prémio da Argentina e terminou em quinto na África do Sul. Beltoise voltou para o Grande Prémio de Espanha, onde terminou em sexto e Amon em terceiro. No Grande Prémio de Itália, o Matra de Amon conseguiu a Pole, na prova da casa da Ferrari, mas desistiu na corrida. No final da temporada, a Matra indicou Amon como piloto principal, tendo frustrado Beltoise, que saiu da equipa para se juntar à BRM em 1972.
 
A última temporada da Matra, 1972, Chris Amon manteve-se, sendo o único elemento da equipa, utilizando o Matra MS120C. A meio da temporada, este seria substituído pela última evolução, o MS120D. O início do campeonato ficou marcado por vários problemas de caixa de velocidades. Conseguiu a Pole no Grande Prémio de França, mas devido a um furo, teve de parar e trocar de pneu, ficando muito atrás no pelotão. No entanto, Amon não desistiu, batalhando pelo melhor lugar possível, conseguindo terminar em terceiro e, bateu ainda, o recorde do Circuito de Charade, que se mantém até hoje. Após esta temporada, a Matra saiu para se concentrar exclusivamente nas 24h de Le Mans. Regressaria em 1974, mas só como fornecedora de motores para a equipa Shadow e em 1977 e 1978 à Ligier. A Matra voltaria a fornecer motores à Ligier em 1981 e 1982, até se retirar de vez.
 
O Matra MS120 utiliza o motor Type MS12 V12 de 60 graus, de 3,0L de cilindrada e quatro válvulas por cilindro, com um total de 48 válvulas, desenvolvido pela própria equipa, que já era utilizado nos Sport-Protótipos da marca. Debita uma potência de 430 cv às 11.300 rpm. A alimentação de combustível é feita através de injecção Lucas. O motor por ser mais resistente que o anterior MS9, era agora utilizado como parte integrante do chassis. Acoplado ao motor está uma caixa Hewland DG300 ou FG400, de cinco velocidades manuais. Durante os anos em que competiu utilizou combustíveis Elf ou Shell e pneus Goodyear. O monocoque do MS120 é construído em alumínio.
 
O Matra MS120B, evolução do original efectuada em 1971, distinguia-se do anterior pelo redesenho da asa frontal, mais aerodinâmica. Já o MS120C, recebeu uma nova geometria de suspensão na frente, uma nova caixa de ar, e o motor MS71 com 450 cv. A última evolução é o MS120D, que utiliza um novo chassis tubular monocoque, idêntico ao do MS80 e a célula de combustível foi recolocada de novo atrás do condutor.
 
Os primeiros automóveis a ser produzidos, foram os chassis MS120-01 e MS120-02, até Beltoise receber o chassis MS120-03 para o Grande Prémio de Espanha de 1970. O primeiro MS120B foi utilizado por Chris Amon, que era o anterior automóvel de Beltoise, construído a partir do chassis MS120-03, designado agora MS120-04. Para o Grande Prémio de Espanha de 1971, Beltoise recebeu o primeiro MS120B construído para o efeito, com o chassis MS120B-05. Chris Amon passou para o chassis MS120B-06 a meio da temporada, com o novo motor MS71, mas este provou ser pouco fiável. Este último chassis foi transformado em MS120C. Para o Grande Prémio de França apareceu a última evolução, o MS120D, com um novo chassis, o MS120D-07.
 
Apesar de haver sete números de chassis, só foram construídos seis Matra MS120. Dos dois primeiros automóveis, o MS120-01 está no museu da Matra e o MS120-02 esteve na colecção de Jean-Pierre Beltoise, até esta ser leiloada, em 2005, estando agora na Holanda. O MS120-03 foi transformado no MS120B-04. Todos os três MS120B e C foram adquiridos por Antoine Raffaëlli. O primeiro MS120B-04 foi vendido para um coleccionador do Mónaco, em 2001. O único que mantém as especificações MS120B, o chassis MS120B-05, foi vendido da colecção de Raffaëlli, em 1997 e totalmente restaurado, estando na posse de Christophe Caternet. O chassis MS120C-06 juntou-se à colecção de Abba Kogan, em 2005 e submetido a um extensivo restauro. O último construído, o chassis MS120D-07, está também no museu da Matra.
 

matra-simca_ms120_3
2dd7023114401738aa8b0c6858c7b2d3
3a79054ff4e3f19491f45b043957fb6a
55c8bb5f0edc1070325f498908e76595
800px-Matra_MS12_engine
Amon 71 2
amon71
b5f0675f6886503383b3f166ffdb85b4
brm-p180-and-matra-ms120-spainish-gp-7x5-colour-photo-1039-p
Canadá 72 3
F1-1971
matra_formula_1_1972_images_1
matra_formula_1_1972_photos_1
matra_formula_1_1972_pictures_1
MatraMS120B-4-Amon-GB72-600x300
matra-simca_ms120
matra-simca_ms120_1
matra-simca_ms120_2
matra-simca_ms120_2
matra-simca_ms120_4
matra-simca_ms120_5
mf_ms120-a
mf_ms120-b
mf_ms120-c
mf1-01
ms120
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
matra-simca_ms120_3
2dd7023114401738aa8b0c6858c7b2d3
3a79054ff4e3f19491f45b043957fb6a
55c8bb5f0edc1070325f498908e76595
800px-Matra_MS12_engine
Amon 71 2
amon71
b5f0675f6886503383b3f166ffdb85b4
brm-p180-and-matra-ms120-spainish-gp-7x5-colour-photo-1039-p
Canadá 72 3
F1-1971
matra_formula_1_1972_images_1
matra_formula_1_1972_photos_1
matra_formula_1_1972_pictures_1
MatraMS120B-4-Amon-GB72-600x300
matra-simca_ms120
matra-simca_ms120_1
matra-simca_ms120_2
matra-simca_ms120_2
matra-simca_ms120_4
matra-simca_ms120_5
mf_ms120-a
mf_ms120-b
mf_ms120-c
mf1-01
ms120
previous arrow
next arrow

TAGS: Matra MS120


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment