Duas colecções que se complementam

LifeStyle 20 Dez 2021

Duas colecções que se complementam

Os slot cars são miniaturas de automóveis, geralmente à escala 1/32, propulsionados por um motor eléctrico e destinados a ser utilizados em pistas específicas. Na parte da frente, estas miniaturas têm uma guia e em cada lado, têm uma patilha que transporta a energia eléctrica da pista para o motor do automóvel. A velocidade é regulada através de um manípulo que está na mão do “piloto”.

Os primeiros slot cars foram produzidos pela americana Lionel, em 1912, e na época utilizavam as pistas dos comboios. Eram já muito parecidos com os modelos vendidos actualmente, mas no início, o entusiasta não tinha controlo sobre os automóveis. Em 1915, a produção parou e durante alguns anos eram várias as marcas que lançavam, por tempo limitado, slot cars. Só em Março de 1936 é que a patente do slot car foi registada.

Na época os produtores de slot cars utilizavam uma escala maior, geralmente 1/16 ou 1/18, e eram equipados com pequenos motores de combustão interna. Só nos anos 40 é que começaram a aparecer no Reino Unido, os primeiros slot cars eléctricos já com controlo da velocidade. Em 1954, a Southport Model Engineering Society, no Reino Unido, construiu a primeira pista destinada aos slot cars com seis linhas. Em 1957, a britânica Minimodels começou a produzir os primeiros slot cars em plástico, criando a Scalextric.


Vários entusiastas de automóveis despertaram o seu interesse através dos slot cars ou com propósito de colecionar ou para competir nos clubes que existem para o efeito. Nesse grupo de entusiastas está Scott Bader que desde cedo ia de bicicleta à Revell Raceway, uma pista interior de slot cars em Los Angeles. Com a explosão dos slot cars Scott adquiriu o seu primeiro modelo, um Porsche 904 da Monogram à escala 1:24.

Com o passar dos anos, Scott cresceu e comprou o seu primeiro automóvel real, um Chevrolet Camaro, e iniciou a sua carreira de piloto nas pistas locais, no entanto, o “bicho” dos slot cars não desvaneceu. Quando criou a sua empresa, a Inline Distributing, os automóveis tiveram de ficar para segundo lugar, devido à falta de tempo.

Em 2000, conseguiu ter um pouco mais de tempo para voltar ao seu hobby, principalmente nas competições de automóveis reais, como o IMSA (International Motor Sports Association), onde competiu com um Porsche 911 GT3R. Durante a próxima década iniciou a sua colecção de automóveis de competição e juntou alguns modelos de slot cars, criando um espaço especial na sua casa, para os albergar. Com o aumento brutal dos seus exemplares Scott abriu um pequeno museu, o LA Slot Car Museum, que está aberto algumas vezes por ano, através de marcação.

Grande parte dos modelos expostos estão nas suas caixas originais, mesmo os mais antigos, da década de 60. Para o ambiente ficar mais próximo àquele vivido nos anos 60, é pulverizado óleo de gualtéria nos sistemas de ventilação, um produto utilizado como adesivo para os pneus, na altura. A sua colecção conta ainda com vários slot cars protótipos ou de modelos que nunca chegaram a ser vendidos.

A sua colecção de automóveis à escala 1/1 é composta por um Simoniz Lola T163-21 de Can-Am de 1969, um Chevrolet Camaro Z/28 de Trans Am de 1967, um Corvette de 1966, um March 77B da Fórmula Atlantic de 1977, um Lola T294, o March 711-6 que foi conduzido por Ronnie Peterson na Fórmula 1, entre outros.

2
1
3
4
previous arrow
next arrow
2
1
3
4
previous arrow
next arrow


Fotografias: Stephan Szantai


TAGS: LA Slot Car Museum Scott Bader


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment