Toyota 2000GT vendido por 850 mil dólares em leilão

Mercado 16 Nov 2021

Toyota 2000GT vendido por 850 mil dólares em leilão

O Toyota 2000GT é um dos modelos da marca nipónica mais procurados por coleccionadores. Isto deve-se ao seu design único, prestações e pela sua raridade, devido às poucas unidades construídas. Apenas cerca de 350 exemplares foram feitos entre 1967 e 1970 e desses apenas 109 saíram de fábrica com volante à esquerda, destinados aos mercados de exportação.

Este foi um projecto desenvolvido em conjunto entra a Toyota e a Yamaha, tendo sido apresentado no Salão de Tokyo de 1965. A produção do modelo arrancou dois anos depois nas instalações da Yamaha, com todos os automóveis produzidos à mão.

Para locomover este desportivo está o motor 3M de seis cilindros em linha e 2,0 litros de cilindrada, com uma cabeça trabalhada pela Yamaha, agora com duas árvores de cames à cabeça e três carburadores duplos Mikuni-Solex 40PHH, para desenvolver 150cv às 6.600rpm e 175Nm de binário às 5.000rpm.


O motor está acoplado a uma caixa manual de cinco velocidades, que envia a potência para as rodas traseiras, podendo ter três relações de diferencial diferentes, todas elas com autoblocante. Além disso, tinha travões de disco nas quatro rodas com servofreio, suspensão independente também nas quatro rodas e jantes construídas em magnésio.

O exemplar presente neste artigo é de 1968 e foi importado para os EUA em 2013, após estar anos num museu no Japão, estando agora registado no estado do Montana. Este automóvel tem consigo o kit de ferramentas originais, um item raro, hoje em dia.

Este 2000GT, com o chassis número MF10-10101 e com apenas 19.000 quilómetros no odómetro, pertence ao restrito grupo de exemplares produzidos com volante à esquerda e foi vendido num leilão na plataforma da Bring a Trailer, no passado dia 2 de Novembro, por 850 mil dólares, cerca de 730 mil euros.


previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Bring a Trailer Toyota 2000GT Yamaha


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment