Kurtis 500 S, o automóvel de Indy para estrada

Mercado 15 Nov 2021

Kurtis 500 S, o automóvel de Indy para estrada

Frank Kurtis fundou, nos anos 30, a Kurtis Kraft destinada à produção de pequenos automóveis de competição e para a Fórmula Indy, tornando-se num dos maiores produtores de automóveis de competição dos EUA. Um dos automóveis da Kurtis Kraft chegou a competir no Grande Prémio dos EUA em 1959.

O grande sonho de Frank era lançar a sua própria marca de automóveis, mas para estrada e com os conhecimentos adquiridos na competição, começou a produzir esses veículos. Lançou o primeiro modelo em 1949, o Kurtis Sport Car ou KSC, com base num chassis e mecânica Ford. Os automóveis eram vendidos prontos a andar ou em kits, mas os preços eram demasiado altos, dependendo das especificações. Como a empresa não estava a ser economicamente viável, Frank vendeu, em 1950, os direitos de produção dos automóveis de estrada a Earl Muntz.

No entanto, este não era o fim do sonho de Frank Kurtis, já que, em 1953, voltou à carga, criando um automóvel desportivo de estrada, com base nos automóveis que competiam na Indy 500. Utilizando a base do Kurtis Kraft 500B, Frank alargou o chassis de modo a poder albergar duas pessoas. Desta forma nasceu o Kurtis 500S, com vários motores disponíveis. Após este modelo foi desenvolvido o Kurtis KK500, desenhado para albergar um grande número de carroçarias diferentes, construídas em fibra de vidro. Infelizmente, a produção de automóveis continuava a não ser rentável e a empresa fechou em 1955.



O exemplar presente neste artigo é um raro Kurtis 500S, dos poucos exemplares que chegaram aos nossos dias, mas apresenta um chassis de um KK500. A sua história não é conhecida mas sabe-se que foi restaurado pelos especialistas Frank e David Kleptz, no início dos anos 90, estado que se mantém hoje. Está equipado com o motor Hemi V8 325, de 5,3 litros de cilindrada, extraído de um Dodge D500. O motor foi equipado com colector de admissão mais curto e dois carburadores de quádruplo corpo. Acoplado ao motor está uma caixa manual de quatro velocidades da Jaguar, que envia a potência para o eixo traseiro da Halibrand de aperto rápido.

Exteriormente, exibe as correctas jantes de aperto central em magnésio da Halibrand, assim como a saída de escape lateral. O interior também está correcto, com os mostradores Stewart Warner e o volante de quatro braços. Está agora à venda na Hyman, por 279.500 dólares, cerca de 242 mil euros.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Frank Kurtis Hyman Kurtis 500 S Kurtis Kraft


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment