Artcurial leva a leilão Toyota Land Cruiser que competiu no Rally Dakar

Mercado 10 Nov 2021

Artcurial leva a leilão Toyota Land Cruiser que competiu no Rally Dakar

Lançado em 1951, o Toyota Land Cruiser tornou-se desde logo um modelo icónico da marca nipónica, pela sua robustez e fiabilidade. Em 1984 é lançada a geração J70 do Land Cruiser, que substituía os J40, após 25 anos no mercado. Apesar do seu design mais moderno, os J70 continuavam a ter grandes capacidades de todo o terreno e de fiabilidade que deu vigor à geração J40.

Devido à conhecida robustez, os Land Cruiser foram muito utilizados em provas de longas distâncias, como é o caso do exemplar deste artigo, que participou no Rally Dakar em 1999 e 2003, com o piloto Richard Romagny. Foi utilizado, como base, um Land Cruiser J75 de 1998, que era o modelo de distância entre eixos média, que viu a sua traseira ser completamente alterada, com a retirada da carroçaria do pilar B para trás, onde foi aplicada uma traseira especifica para provas de longas distâncias, com um depósito de 310 litros e três pneus suplentes.

O motor original foi retirado e no seu lugar foi aplicado um motor maior do HDJ80 de seis cilindros em linha, com 4,2 litros de cilindrada, com preparação para 180cv. A suspensão foi alterada para corresponder às exigências do terreno, com dois amortecedores por roda. Foi ainda aplicado um “mata-vacas” na frente com faróis auxiliares da Hella.


No interior, para aumentar a segurança e rigidez foi montada uma rollbar, assim como duas backets da Sparco com cintos de competição. Todas as transformações foram efectuadas por Pierre-Claude Gillier, da AMS, ficando este projecto conhecido como Protoy AMS1.

A Artcurial irá levar o veículo a leilão, como parte da colecção do próprio Richard Romagny, num evento online no próximo dia 22 de Novembro. O valor estimado de venda encontra-se entre os 70 e os 130 mil euros.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: AMS Artcurial Protoy AMS1 Richard Romagny Toyota Land Cruiser


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment