Vai a leilão o primeiro Alfa Romeo Giulietta SZ produzido

Mercado 03 Nov 2021

Vai a leilão o primeiro Alfa Romeo Giulietta SZ produzido

A primeira geração do Alfa Romeo Giulietta teve bastante sucesso, estando disponível para venda de 1954 a 1965, nas carroçarias de berlina, coupé e descapotável. As versões mais desportivas eram conhecidas por Sprint. Em 1959 é lançado o Giulietta Sprint Veloce, com uma carroçaria mais aerodinâmica, desenhada por Franco Scaglione, na Bertone, e equipado com motores de 1,3 e 1,6L.

Nas Mille Miglia de 1956, os irmãos Leto di Priolo destruíram um Giulietta Sprint Veloce num acidente violento, sendo levado para a Zagato, de modo a ser reconstruído. Mas, ao invés de reproduzir uma carroçaria idêntica, decidiram criar algo diferente e único, com uma aerodinâmica melhorada.

A subestrutura tubular em aço foi coberta por painéis de alumínio, para reduzir o peso para menos de 800 kg. O motor de quatro cilindros, construído em alumínio, com duas árvores de cames à cabeça, dois carburadores duplos Weber e 1,3L de cilindrada, desenvolvia 100cv às 6.500rpm, potência mais do que suficiente para o peso da viatura.



Este modelo, conhecido por Giulietta Sprint Veloce Zagato, ou SVZ, foi uma completa obra de arte e vários foram os proprietários de Giulietta Sprint Veloce que pediram à Zagato para efectuar o mesmo tratamento. Após 18 automóveis construídos, a Alfa Romeo viu o sucesso que estava a ter o modelo e pediu à Zagato a construção em série do Sprint Zagato ou SZ, em 1959. A primeira versão é conhecida por Coda Tonda, ou seja, traseira redonda, que era muito mais elaborada e com menor peso que os anteriores SVZ, pois agora a própria Alfa Romeo estava a financiar o projecto.

A 19 de Dezembro de 1959 saia da Zagato o primeiro Giulietta Sprint Zagato, com o chassis 0001, que é o exemplar que está presente neste artigo e foi utilizado para a apresentação do modelo no Salão de Genebra em 1960. Este foi o primeiro da uma série de 200 exemplares com pormenores diferentes, como os puxadores das portas, os bancos dos SVZ e o porta-luvas.

O primeiro proprietário deste Giulietta SZ, a Scuderia Sant’Ambroeus, onde Elio Zagato era um dos fundadores da equipa, utilizou-o bastante na competição, com o piloto Sergio Pedretti, onde demonstrou bem as capacidades do pequeno automóvel italiano, principalmente no Targa Florio de 1960 e a sua vitória na categoria de 1,3L de cilindrada no Campeonato Italiano de GT. Posteriormente, foi vendido ao carroceiro bolonhês Giuseppe Brusiani, antes de ser adquirido pelo pai do actual proprietário, em Junho de 1982.

Agora, a nova plataforma de leilões online leBolide irá levar a leilão este primeiro Giulietta Sprint Zagato, sem haver um valor estimado de venda, estando a viatura localizada na cidade de Bergamo, em Itália.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Alfa Romeo Giulietta SZ leBolide Scuderia Sant Ambroeus Zagato


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment