Land Rover Defender 110 que participou no Camel Trophy de 1998 foi vendido em leilão

Mercado 02 Nov 2021

Land Rover Defender 110 que participou no Camel Trophy de 1998 foi vendido em leilão

O Camel Trophy e a Land Rover foram sinónimos de destreza e aventura ao longo de quase 20 anos, com eventos anuais e equipas de vários países desde 1980. Esta aventura iniciou-se com os primeiros Range Rover, passando para os Series 3, depois One-Ten e Ninety, Discovery e por fim os Freelander.

O evento de 1998, designado de Camel Trophy Tierra del Fuego, devido a ser realizado na Terra do Fogo, um arquipélago na região da Patagónia, que pertence à Argentina e ao Chile. Este evento ficou marcado pelo facto de que pela primeira vez o Camel Trophy se realizar no Inverno, o que fez com que as equipas tivessem de suportar temperaturas de 30 graus negativos. Além disso, foi também o evento mais longo, com mais de 8000 mil quilómetros percorridos, desde Santiago, no Chile, até Ushuaia, na Argentina. Este seria também o último Camel Trophy realizado. A partir desse ano entrou em vigor a lei da proibição das marcas de tabaco patrocinarem provas desportivas.

Os veículos escolhidos para o Camel Trophy de 1998 foram os Land Rover Freelander, pois era o novo modelo da marca britânica na época, que tinha sido lançado em 1997. A escolha deste modelo causou alguns problemas, devido à sua baixa altura, que não estava disponível com caixa de redutoras, nem com bloqueios dos diferenciais.


Possivelmente, devido a essas questões, a Land Rover forneceu a cada equipa um Land Rover Defender 110 SW 300Tdi, completamente preparado, para o caso de haver necessidade de desatascar os Freelander, percorrendo exactamente o mesmo percurso que os automóveis em prova. Estes Defender, sendo o 300Tdi, estão equipados com o motor de quatro cilindros em linha turbo-diesel, com 2,5 litros de cilindrada e 110cv de potência.

O Defender presente neste artigo, foi um desses exemplares, produzido pela Land Rover Special Vehicles para o Camel Trophy de 1998, como veículo CT36 de suporte à equipa da Roménia e conduzido por Aron Gorog e Zoltan Bartha. A Land Rover Special Vehicles adicionava uma rollcage Safety Devices no interior e exterior em todos os automóveis, assim como uma roof rack no tejadilho onde tem a tenda para a equipa pernoitar, jerrycans, faróis de longo alcance e a placa do Camel Trophy. Todos os automóveis eram pintados na cor Sandglow, ou também conhecida por Camel Trophy Yellow.

Com o final da prova, este Defender voltou para o Reino Unido e foi vendido a um particular. Poucos anos depois, a Land Rover iria adquirir novamente o automóvel, utilizando-o como veículo de exposição, entre 2009 e 2017, sendo vendido de novo para um particular nesse ano. Esse novo proprietário levou este Defender a duas expedições, uma em Portugal, em 2018, e outro em Marrocos em 2019 com duração de três semanas.

No passado dia 15 de Outubro, este Land Rover Defender 110 SW foi levado a leilão na plataforma da Car and Classic, com quase 146.000 mil quilómetros, sendo vendido por 56 mil libras, cerca de 66 mil euros.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Camel Trophy Car and Classic Land Rover Defender


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment