Colecção de 174 automóveis clássicos a apanhar pó em Londres vai a leilão

Mercado 21 Set 2021

Colecção de 174 automóveis clássicos a apanhar pó em Londres vai a leilão

Este é sem dúvida um dos maiores Barn Finds da história, se não, mesmo o maior. Esta colecção iniciou-se há cerca de uma década atrás, quando um empresário adquiriu o seu primeiro automóvel clássico, um Mercedes-Benz 280SL de 1985, e o guardou num armazém de 4.180m2, em Tottenham, no norte de Londres. Desde então, a colecção foi crescendo, até chegar aos 174 automóveis. De salientar que todos os automóveis circulavam antes de chegar ao armazém.

A colecção compreende automóveis que vão desde a década de 40 até aos anos 2000 e a condição depende de exemplar para exemplar, sendo que uns apresentam apenas o chassis e outros estão totalmente completos embora que precisem de um restauro para serem colocados de novo na estrada.

A colecção é composta por vários modelos da Mercedes-Benz e vários são os SL R107 presentes. Para além do 280SL, existem também um 350SL de 1975, um 380SLC e um 450SLC de 1981, entre outros. Dos modelos mais antigos, podemos encontrar dois 170 de 1953, um Ponton 180 de 1957 e um 190. Dos Mercedes-Benz W115 podemos encontrar um 220 de 1971 e um 230.4 de 1975. Da geração W123 existem dois 200, um na carroçaria Berlina e outro em carrinha. Existem também vários exemplares dos Mercedes-Benz Fintail, em vários estados de conservação. Outros modelos da marca de Estugarda são um 250SE de 1966 e um 300SE de 1986.



Passando de Estugarda para Munique, existem também vários modelos da BMW, como um 2002 de 1975 automático e um 2002 Touring de 1972 com apenas 20.372 milhas percorridas. Dos modelos mais desportivos, podemos encontrar um Z3, um 635CSi de 1989 automático, um 520i Lux de 1987 e um 535i com kit da BMW Motorsport também de 1987.

Obviamente que, sendo um colecção londrina, tinha de ter no seu vasto espólio automóveis britânicos, como o Wolseley Hornet de 1963, vários Morris Minor de duas e quatro portas, Traveller e Convertible, um Rover P6 de 1974, dois Triumph Herald, assim como vários Mini como um City E de 1987 que viu o seu tejadilho ser cortado e um mais procurado Mini 30 Special Edition de 1989. Também estão alguns desportivos britânicos, como um Triumph Stag de 1971, alguns MG Midget 1500, MG Y-Type, MGA, MGB, MGB GT e um MG Magnette ZA. Além destes, tem ainda um Gentry, réplica do MG TF produzido com base no chassis dos Triumph Herald/Spitfire. No campo dos todo o terreno, não podiam faltar os Land Rover, encontrando-se na colecção um Defender, um Series 3 Pickup de 1979, um Range Rover Classic Vogue V8 de 1993 e um Range Rover P38 de 1999. Para terminar a secção britânica, importa falar do raríssimo Austin Champ, desenvolvido para as forças armadas.

Do Reino Unido vamos para Itália, onde o rival do Mini também está presente com um exemplar do Fiat 500L de 1972 com Canvas Top. Não poderia faltar também o Citroën 2CV, aqui presente com dois exemplares 2CV6 Special.

Da Alemanha, estão presentes várias Transporter, conhecidas por cá como Pão de Forma, incluindo um exemplar de 1949 e uma T3 Holdsworth Villa 3 de 1988. Do popular Carocha também não faltam exemplares, incluindo um de 1998 produzido no Brasil. Além destes modelos populares, também podemos encontrar um Volkswagen The Thing e um Porsche 911 2.7 de 1977, que foi convertido para a carroçaria do 964.

Para terminar, da terra do sol nascente, ou como quem diz do Japão, está também presente um raro Nissan 300ZX Turbo de 1989, em bom estado de conservação.

Agora, a área onde se encontra o armazém vai sofrer alterações e os automóveis necessitam de encontrar novas casas. Os automóveis desta colecção irão a leilão através da plataforma do eBay nos próximos dias, esperando-se que renda um milhão de libras, cerca de 1,1 milhões de euros. O automóvel mais valioso da colecção é um MGA de 1960, que se espera que seja vendido por 25.000 libras, cerca de 30.000 euros.


previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Ebay


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment