O extremo Mustang Hoonicorn RTR idealizado por Ken Block

Clássicos 02 Set 2021

O extremo Mustang Hoonicorn RTR idealizado por Ken Block

Por Tiago Nova

O Ford Mustang é o automóvel que é mais identificado como um veículo americano e, foi graças a ele, que foram produzidos o Chevrolet Camaro e o Dodge Challenger. Ken Block, o piloto americano mais conhecido pelas suas Gymkhanas, decidiu criar uma versão extrema, e de Mustang tem pouco, apenas a forma e o nome.

O objectivo primordial do Mustang Hoonicorn RTR, designação oficial do automóvel, é ser utilizado para as filmagens das Gymkhanas. Foi criado em conjunto pela Hoonigan Racing Division, RTR e a ASD Motorsport e seria visto pela primeira vez no Gymkhana Seven, em 2014.

A base para a criação deste “unicórnio” foi um Mustang de 1965, onde a ASD Motorsport retirou o chão e quase toda a estrutura para ser montada uma estrutura tubular completamente nova.



Para fazer locomover este automóvel a RTR instalou um motor Ford Racing Roush Yates V8 410 de 6,7L de cilindrada, desenvolvendo cerca de 845cv e 976Nm de binário. Esta potência é extraída com a ajuda de oito ITB’s da Kinsler e uma centralina MoTeC M150, entre outras alterações.

Posteriormente, Ken Block modificou o conceito original, dando o nome de Mustang Hoonicorn RTR V2, aplicando um sistema TwinTurbo da Garrett e colector de admissão da Switzer Dynamics, para desenvolver uns massivos 1.400cv e 1.695Nm de binário.

A potência é enviada para as quatro rodas através de uma caixa Sadev SC90-24 de seis velocidades, sendo que na frente e na traseira tem um diferencial ST03. Utiliza uma embraiagem de triplo disco Quarter Maser 7.25, que funciona como fusível quando algo corre mal, podendo ser substituída em 90 minutos. O travão de mão hidráulico, quando accionado, não só bloqueia as rodas traseiras, como corta a potência do motor, desacoplando a transmissão no diferencial central.

A suspensão das quatro rodas foi totalmente modificada, sendo agora composta de triângulos sobrepostos, construídos em alumínio 6061, com amortecedores inboard JRi e molas Eibach. O exterior é colmatado pelos alargamentos, inspirados nos utilizados no WRC, e pelas jantes douradas fifteen 52 R40 de 18”, envoltas em pneus Pirelli Trofeo R na medida 295/30 R18. No Hoonicorn RTR V2 as jantes foram alteradas para umas Rotiform KB1 brancas com pneus Toyo Proxes R888R na medida 295/35 R18.

O interior foi todo despido do que não é necessário, tendo apenas o volante, comandos da caixa e a baquet Recaro.

É sem dúvida um dos Mustang mais extremos de sempre, se não for mesmo o mais extremo, como qualquer projecto de Ken Block.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: ASD Motorsport Ford Mustang Hoonigan Racing Division Ken Block RTR Motorsport


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment