Clássicos 06 Ago 2021

Alfa Clássicos restaura um icónico Alfa Romeo Montreal

A Alfa Clássicos partilha mais uma vez o restauro de um belo exemplar automóvel, o Alfa Romeo Montreal.

Aquando da Exposição Universal em Montreal, Canadá, em 1967, a Alfa Romeo foi a marca escolhida pela organização para apresentar um carro-conceito exclusivo do evento. O desafio lançado à marca era o de apresentar um modelo que refletisse o avanço tecnológico e científico da indústria automóvel.

A Alfa vai entregar ao génio de Orazio Satta Puliga e Giuseppe Busso a elaboração do projeto do automóvel, ficando o desenho a cargo da Bertone e do designer Marcello Gandini e o painel de instrumentos a cargo de Paolo Martin. Esta equipa vai produzir dois protótipos para a exposição de Montreal. O protótipo com base no chassis da Giulia Sprint GT e um motor de quatro cilindros e 1600cc, proveniente da da Giulia ti, foi apresentado sem nome, mas que o público, de imediato, o batizou de Montreal.



Em princípio, não havia intenção de produzir o Montreal comercialmente. A ideia era entregar os protótipos ao Museu após o fim da Exposição, mas face à reação favorável do público, a Alfa Romeo avança para produção e no Salão de Genebra de 1970, sob a designação interna de Tipo 105.64, o nome Montreal é finalmente apresentado de forma oficial.

A maior alteração entre protótipos e modelo lançado foi a motorização. O automóvel recebe um nobre motor V8 proveniente do Tipo 33 Stradale mas alargado de 2 para 2,6 litros. O motor, quad-cam V8 de 90 graus, em alumínio, com lubrificação por cárter seco, duas árvores de cames em cada cabeça, cambota cruzada, injecção mecânica de combustível SPICA, desenvolvia uma potência de 200 cv DIN ou 230 cv SAE às 6500 rpm e 235 Nm às 4750 rpm, permitia, segundo a aferição da revista Quattroruote, uma velocidade máxima de 224 km/h e fazia do 0-100km/h em 7.1segundos.

Acoplado ao motor está uma caixa manual de cinco velocidades ZF S 5-18/3, primeira velocidade para trás, com diferencial autoblocante da ZF.

Ao todo, entre 1971 a 1975, foram produzidos 1925 exemplares, sendo que 180 foram fabricados com volante à direita. O último exemplar foi vendido em 1977.


TAGS: Alfa Romeo Alfa Romeo Montreal


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment