Mercedes-Benz 190E 2.3-16 utilizado por Ayrton Senna foi vendido em leilão

Mercado 21 Jul 2021

Mercedes-Benz 190E 2.3-16 utilizado por Ayrton Senna foi vendido em leilão

No início dos anos 80, a Mercedes-Benz queria dominar o Campeonato do Mundo de Ralis e, para isso, iniciou o desenvolvimento da sua arma com base no modelo 190E W201. No entanto, pouco tempo depois, a Audi entra em jogo com um sistema revolucionário com o Audi Quattro de tracção integral, fazendo com que o projecto da Mercedes-Benz não fosse competitivo, pelo menos nos ralis, devido a ter apenas tracção traseira.

Ainda assim, o projecto não foi posto de lado e a marca germânica olhou para o DTM como escape, nascendo assim o Mercedes-Benz 190E 2.3-16V. Daqui nasceram os duelos icónicos nas pistas dos anos 80 entre o 190 e o BMW M3.

O Mercedes-Benz 190E 2.3-16 tem equipado um motor desenvolvido pela britânica Cosworth, com o bloco original, mas com uma cabeça de duas árvores de cames e 16 válvulas. As árvores de cames eram de perfil bastante agressivo e foram aplicadas as maiores válvulas possíveis para a cabeça. Ao nível do bloco, apenas os pistões foram substituídos por uns mais leves, as restantes peças permaneceram originais, pois nos testes demonstraram ser resistentes.


Este motor debita 183cv às 6200 rotações por minuto e 236 Nm de binário às 4500 rotações por minuto, isto na versão de estrada, já que em competição estes motores conseguiam potências na ordem dos 350cv. Acoplado ao motor está uma caixa de cinco velocidades dog-leg da Getrag, que envia a potência para as rodas traseiras, estando equipado com um diferencial autoblocante.

A relação entre os 190E 2.3-16 e Ayrton Senna é bastante próxima, tudo devido à Race of Champions de 1984, que ocorreu no circuito de Nurburgring. Essa prova foi organizada pela Mercedes-Benz, com os melhores 20 pilotos do mundo, onde se incluíam 14 da Fórmula 1, entre eles, um quase “desconhecido” brasileiro de nome Ayrton Senna. Os automóveis utilizados eram os 190E 2.3-16, todos iguais e praticamente de série, com a adição de um rollbar. Senna acabaria por vencer a prova, fazendo com que ele passasse a ter um carinho especial pelo modelo.

Em 1986 dois Mercedes-Benz 190E 2.3-16 foram entregues ao Team Lotus International, um para ser utilizado pelos membros da equipa e outro para Ayrton Senna, que é o exemplar que se encontra no artigo. Em Dezembro de 2020 foi efectuado um restauro ao automóvel, devido a corrosão existente na carroçaria.

No passado dia 17 de Julho, este automóvel foi levado a leilão, num evento organizado pela Bonhams no Bicester Heritage, sendo arrematado por 26.378€.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Ayrton Senna Bonhams Cosworth Mercedes-Benz 190 Team Lotus


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment