Os dez melhores clássicos para conduzir no dia-a-dia

Clássicos 12 Jul 2021

Os dez melhores clássicos para conduzir no dia-a-dia

Um automóvel clássico não significa, necessariamente, que tenha de estar fechado numa garagem e só sair ao fim de semana e em eventos. Um clássico pode ser muito mais que isso, pode ser o automóvel do dia a dia. Claro que isto requer alguns cuidados extra, que num automóvel recente não tem, mas o prazer de condução, os ruídos do motor e o próprio cheiro, dão logo outro ânimo ao dia. Seguem-se os dez melhores automóveis clássicos, que cumprem bem a função diária.

Alfa Romeo Giulia Series 105 e 115


 
Os modelos italianos têm sempre aquele carisma distinto dos restantes e só o facto de estarmos ao volante de um Alfa Romeo torna as emoções muito mais fortes. Além de tudo isso, está o prazer de condução e o som do motor, simplesmente fabuloso.

BMC Mini


 
O Mini é um modelo de culto, que leva consigo uma grande legião de fans. Não é um modelo muito caro e existe quase todo o tipo de peças de substituição. Apesar de não ser um modelo confortável e, por vezes, até não ser muito fiável, cumpre bem o seu papel de ser utilizado no dia a dia.

Datsun 240Z


 
O 240Z está na história por ter sido o primeiro desportivo nipónico a massificar o mercado. Utilizando um motor de seis cilindros em linha, potência suficiente e tracção traseira, é, definitivamente um verdadeiro GT. A fiabilidade japonesa está presente e por isso não irá ter problemas em utilizá-lo nas deslocações diárias.

Ford Mustang MKI (1964-1966)


 
Este é outro modelo onde existem várias peças de substituição no mercado, pois foram produzidos bastantes exemplares. E, apesar de nestes primeiros anos o Mustang não ter motores muito potentes, este torna-se melhor para o uso em cidade, além de ter um design icónico.

Honda CR-X


 
Além da fiabilidade que estes modelos são conhecidos, são automóveis atraentes e divertidos de conduzir. Foi um modelo que teve grande significado no seio da Honda, e tem tudo o que é preciso para o seu uso mais exaustivo.

Mazda MX-5 NA


 
O Mazda MX-5 é já um automóvel mais recente, onde foram empregues algumas tecnologias e, acima de tudo, qualidade de construção, o que torna mais facilitado o seu uso diário. É o descapotável mais vendido da história, e o seu design inconfundível, torna-o noutro modelo com bastante seguidores em todo o mundo. É um modelo fácil de manter e bastante divertido de conduzir, principalmente para aqueles dias mais stressantes.

Mercedes-Benz SL W113


 
Esta geração do SL é conhecida por “Pagode” e representa um automóvel que tem presente luxo e elegância. Ao nível da fiabilidade, é bastante fiável, existindo mesmo exemplares com mais de 300.000km, ou não fosse um Mercedes-Benz antigo, claro está que requer alguns cuidados devido à idade.

Toyota Land Cruiser J60


 
Este é o clássico perfeito para quem quiser utilizar um clássico em todo o tipo de condições climatéricas, ou em fora de estrada. A segunda geração do Land Cruiser foi mais refinada, que no BJ40, com várias arestas limadas e mais equipamento implementado.

Volkswagen Golf MKI e MKII


 
A Volkswagen lançou o Golf para substituir o famoso Carocha, utilizando os desenvolvimentos feitos pela Auto-Union na tracção frontal e motores arrefecidos a água. Os Golf são modelos que vêm com alguns luxos e, principalmente nas versões desportivas, dão gozo conduzir.

Volvo 242


 
A Volvo é conhecida pelos seus modelos quase à “prova de bala” e o 242 Coupé não é excepção. Este modelo junta ainda a elegância de um modelo de duas portas.



PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment