RM Sotheby’s leva Bugatti Type 46 Superprofilée a leilão por 700 mil euros

Mercado 10 Jun 2021

RM Sotheby’s leva Bugatti Type 46 Superprofilée a leilão por 700 mil euros

No início da produção automóvel, estes eram produzidos com um chassis separado da carroçaria, ao contrário do que se passa hoje com os chassis monocoque. Com esse tipo de construção, várias eram os fabricantes que vendiam apenas os chassis e a mecânica a carroçadores, para estes construírem uma carroçaria especial. Isto fez com que vários fabricantes ficassem conhecidos, principalmente em Itália, com a Bertone, Pininfarina ou Zagato.

A Bugatti era conhecida pelos seus desenhos elegantes, concebidos pelo filho do fundador, Jean Bugatti, no entanto, também vendeu chassis para certos carroçadores criarem carroçarias especiais. Por norma, a chegada do chassis até à construção da carroçaria demorava apenas alguns meses. No entanto, o chassis do automóvel do artigo demorou décadas até ser montada uma carroçaria.

A marca francesa construiu 468 chassis do Type 46 de 1929 a 1933, equipados com o motor de oito cilindros em linha e 5,4 litros de cilindrada. No entanto, nos anos a seguir à Segunda Guerra Mundial, ainda vários estavam sem ser carroçados na fábrica. Quatro desses chassis foram adquiridos por Roland Bugatti, um dos filhos de Ettore. Em 1952, restavam ainda dois chassis sem carroçaria, altura em que foram descobertos por Richard Baudens, que prontamente os adquiriu e enviou para Paris.



Um dos chassis foi vendido a um coleccionador americano, enquanto o outro, o número 46491, ficou na posse de Baudens, que tinha como objectivo contruir uma carroçaria, mas tal nunca aconteceu. O chassis foi passando de mãos, por entre vários entusiastas da Bugatti, até chegar à Ashton Keynes Vintage Restorations, em Inglaterra.

Foi aí que recebeu uma carroçaria, construída à mão e inspirada na construída pela Gangloff para um Type 50, conhecido por Superprofilée, sendo uma das carroçarias mais bonitas dos anos 30. No final, o resultado é esplendido, trazendo à vida um chassis que estaria condenado, e terminado numa combinação de cores preta e azul.

Agora a RM Sotheby’s irá levar este automóvel a leilão, num evento em Milão no próximo dia 15 de Junho, com um valor estimado de venda situado entre os 500 mil e os 700 mil euros.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Ashton Keynes Vintage Restorations Bugatti Type 46 Gangloff RM Sotheby's


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment