Exposição temporária no Museu Ducati comemora títulos de Troy Bayliss

LifeStyle 08 Jun 2021

Exposição temporária no Museu Ducati comemora títulos de Troy Bayliss

O Museu Ducati reabriu finalmente ao público às sextas-feiras, sábados e domingos. Uma semana após terem sido retomadas as visitas para o público, a Ducati inaugura uma exposição temporária “Troy Story: The Legend of a Champion” dedicada a Troy Bayliss, três vezes Campeão Mundial de Superbike com a Ducati.

É precisamente para celebrar o 20º aniversário do primeiro título mundial no campeonato de Superbike em 2001, que a Ducati colocou de pé uma exposição temporária no Museu Ducati com novo e exclusivo conteúdo para os seus fãs de perto e de longe.

A data de 21 de maio, escolhida para a reabertura do Museu Ducati, não é acidental. Tal como os Ducatisti e todos os fãs das corridas de motos certamente se recordam, a 21 de maio de 2000 um ainda virtualmente desconhecido Troy Bayliss alcançou um feito que, de um dia para o outro, o tornou numa lenda do motociclismo nos corações e memórias de todos os fãs da Ducati e das Superbike: a sua espantosa quadrupla ultrapassagem no circuito de Monza.




Nesse dia Troy participava na corrida como piloto substituto de Carl Fogarty, que se tinha lesionado em Phillip Island e, após este feito épico, a Ducati decidiu deixá-lo terminar o campeonato na 996R de fábrica. Nesse ano terminou em sexto (243 pontos, 2 vitórias e 7 pódios), mas conquistou o seu lugar como piloto oficial na equipa Ducati Infostrada. Venceu o seu primeiro título de WSBK em 2001, subindo ao pódio 15 vezes.

Todos os que visitem o Museu terão a oportunidade de admirar as motos com as quais o campeão australiano escreveu alguns dos mais espantosos capítulos na história das competições de motos.

Como a 996 Factory 2000 com que fez a sua estreia com a Ducati no World SBK e usada em Monza na famosa quadrupla ultrapassagem, a 996 Factory 2001 Testastretta, mota com que fez o seu primeiro título mundial, com a decoração usada em Imola em 2001, a 998 Factory Testastretta 2002 – protagonista do duelo de cortar a respiração com Edwards em Imola.

Poderá ver também a Ducati 999 Factory 2006 “Superman” com que obteve a 250ª vitória da Ducati em SBK, e o segundo título de Troy, a 999 Factory 2007 que foi utilizada no photo-finish contra James Toseland em Assen e a 1098 R Factory 2008 com a qual fechou o seu último título, assegurado em Magny-Cours.


Para todos aqueles que ainda não podem ir ao Museu Ducati, um estudo profundo dedicado à carreira de Troy Bayliss está planeado para a “Ducati Museum Online Journey“, as visitas online do Museu Ducati que permitem revisitar a história da marca através de um PC, tablet ou Smart TV.

A exposição temporária “Troy Story: The Legend of a Champion” vai permanecer no Ducati Museu até 19 de setembro de 2021, com a única exceção nos dias 1 a 4 de julho, em que as motos serão exibidas em Modena na edição 2021 do Motor Valley Fest.

A inauguração da exposição temporária em honra de Troy Bayliss é também uma modo de desejar ao campeão australiano uma pronta recuperação e de lhe enviar um abraço virtual, após o acidente de bicicleta que ocorreu a 14 de maio.


TAGS: Ducati Troy Bayliss


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment