Está na estrada a “L’Aventure Citroën Terra America”

Clássicos 07 Jun 2021

Está na estrada a “L’Aventure Citroën Terra America”

A Citroën e a associação L’Aventure Citroën são parceiros de uma expedição extraordinária, liderada por duas mulheres, que irá atravessar o continente americano, de norte para sul, ao volante de um Traction Avant. Sob o título “L’Aventure Citroën Terra América”, a iniciativa irá levá-las desde o Alasca até à Terra do Fogo, cruzando-se pelo caminho com 21 povos indígenas, ao longo da famosa Estrada Pan-Americana, a rota mais longa do mundo.


Herança das cruzadas Citröen ao voltante de uma viatura lendária

As Cruzadas Citroën do século XX representam uma página importante na história do automóvel e da aventura humana. Imaginadas e levadas a cabo, a partir dos anos 20, por André Citroën, estas expedições testemunham a importância do automóvel como meio de exploração do mundo e de aproximação entre os povos.


A “L’Aventure Citroën Terra America” arrancou no dia 26 de Maio frente ao Conservatório Citroën, um local emblemático, que preserva a mais importante coleção internacional de veículos Citroën. Entre as 280 peças ali expostas encontram-se não só o Traction Avant, como os veículos que participaram nas famosas Cruzadas.

“Demos início a um desafio idêntico aos organizados por André Citroën. Batizada de ‘L’Aventure Citroën Terra America’, esta expedição tem todos os ingredientes para nos fazer sonhar, tanto como no tempo das Cruzadas Citroën”, diz Stéphane Barbat, Responsável pelas Parcerias na Citroën.

“A missão da nossa associação é preservar, partilhar e dar vida à fabulosa história da Citroën, que revoluciona o mundo automóvel desde 1919. Estamos muito felizes por apoiar este projeto, contando com o apoio dos clubes Citroën presentes em todo o mundo”, afirma Xavier Crespin, Diretor Geral de L’Aventure Peugeot Citroën DS.

O Traction Avant é um automóvel lendário. Além do seu modo de transmissão único, combinou no mesmo veículo as soluções mais modernas da época, incluindo uma estrutura monocoque em aço, travões hidráulicos e uma suspensão independente às quatro rodas. Lançado em 1934, a robustez e a simplicidade mecânica tornaram o Traction Avant numa viatura ainda hoje notável em termos de utilização em raids, mais de 80 anos depois. O seu encanto tem crescido ao longo dos anos, em todo o mundo.

“O encanto estético do Traction Avant será uma mais-valia para os contactos espontâneos e positivos que irá gerar”, comenta Fanny Adam, Responsável pela expedição “L’Aventure Citroën Terra America”.


Uma travessia audaz das Américas

Esta viagem sem precedentes de 40.000 km, atravessando14 países, mantém os genes da marca Citroën: uma expedição automóvel de dimensão humana. Ao volante de um lendário Traction Avant, um automóvel icónico na indústria francesa, a dupla de exploradoras irá conhecer diversos povos indígenas da América que defendem uma visão mais ética, responsável e solidária do mundo.

“Associar, no nosso projeto, a Citroën, a associação L’Aventure Citroën, o Concessionário Citroën de Vannes e a Amicale Citroën Internationale, entidade que reúne os clubes Citroën externos a França, é simultaneamente um orgulho e uma responsabilidade para nós. Agradeço toda a sua confiança e ajuda valiosa”, comenta Fanny Adam, Responsável pela expedição “L’Aventure Citroën Terra America”.

Para além destes encontros e dos seus testemunhos, as duas mulheres irão percorrer um traçado mítico: a Estrada Pan-Americana, um trajeto de contrastes sociais, geográficos e climáticos. Nele incluem-se as sumptuosas paisagens naturais da América, entre locais históricos das civilizações maias e incas, deslumbrantes megacidades e caminhos mais pacíficos. Um verdadeiro paralelo entre a civilização moderna e a cultura indígena.

“A audácia ao serviço dos ser humano: são estes os valores que estão nos genes da Marca. Temos o prazer, como patrocinadores desta expedição, de unir esforços com a L’Aventure Citroën e de acompanhar Fanny Adam no seu projeto de atravessar o continente americano e conhecer os povos indígenas ao volante de um Traction Avant.”


Uma aventura humana fora do comum

Idealizadora do projeto e responsável pela expedição, Fanny Adam é uma jovem empreendedora curiosa e determinada. Sensível à causa indígena, sempre ávida por eventos e viagens fora do comum, esta Doutorada em Ciências irá mergulhar numa extraordinária travessia que escolheu viver num Traction Avant. É a Gérard d’Aboville que ela deve a descoberta e a sua paixão por este automóvel. Aquele navegador atravessou o Atlântico sozinho e a remos, em 1980, seguindo-se o Pacífico em 1991, tendo alinhado depois em várias provas, incluindo três Paris/Dakar, um deles em moto. Gérard conduz um Traction Avant desde os seus 18 anos, carro que Fanny, sua colega, teve a oportunidade de descobrir, pedindo-o emprestado para participar num rali de regularidade e com o qual já cruzou diversas estradas da Europa. Gérard contribuiu em muito na preparação técnica da viatura que está a ser usada nesta aventura.

A acompanhá-la nesta expedição, como sua copiloto, está Gaëlle Paillart, responsável pela recolha de imagens. Desportista e apaixonada por viagens, tem uma sólida formação científica. As viagens desportivas tornaram-se, para ela, um modo de vida. Gaëlle será a primeira copiloto a embarcar na expedição “L’Aventure Citroën Terra America” entre a Baía de Prudhoe e Los Angeles.

Será, depois, substituída por Maéva Bardy, que assumirá, a partir dali e até Ushuaia, o papel de navegadora e também de responsável pela recolha de imagens desta expedição. Há anos que viaja pelo mundo como jornalista e repórter de imagem e realizadora de documentários. Sensível à natureza e ao ambiente, Maéva participa regularmente em expedições científicas como correspondente de bordo.


Para seguir esta aventura em tempo real

No início de junho, o Traction Avant irá embarcar num barco com destino ao Alasca. Fanny Adam e a sua colega de equipa irão recolhê-lo no início de julho, no ponto de partida da expedição, na Baía de Prudhoe Bay, a 70°N.  A primeira etapa correr-se-á na América do Norte, entre julho e setembro de 2021. As etapas seguintes (América Central e do Sul) serão organizadas com o mesmo espírito, não se trata de uma corrida e não há uma data de chegada fixa. A América Latina será percorrida entre Janeiro e Maio de 2022 e a América do Sul entre Outubro de 2022 e Janeiro de 2023.

A Citroën vai retransmitir os principais palcos da “L’Aventure Citroën Terra America”. As imagens que a dupla irá recolher irão permitir acompanhar esta viagem, com as suas questões de mecânica, as suas surpresas, as suas evoluções nas visitas aos grandes locais, naturais ou urbanos, ou os seus encontros fora do comum. Em cada um dos países atravessados, a expedição irá contar com o apoio dos clubes de automóveis clássicos, como os da L’Amicale Citroën Internationale, que irão garantir o seu apoio logístico, se necessário, servindo de ponte para contactos privilegiados com interlocutores locais, de acordo com as situações. A equipa será acompanhada por outros Traction Avant e veículos clássicos, perspetivando-se inúmeros belos encontros automóveis.

De notar que é possível seguir a expedição em tempo real, graças à navegação embarcada, num processo semelhante à corrida de barcos à vela “Vendée Globe”, pelo que se poderá acompanhar em direto, através de retransmissão por satélite, o progresso do Traction Avant, graças às imagens, vídeos, histórias enviadas regularmente ao longo do percurso: https://terramerica.fr/suivre-expedition-terramerica/.


TAGS: Citroën Pan-Americana


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment