Clássicos 21 Abr 2021

Especial de homologação: Renault 5 Turbo de 1980

A criação do Renault 5 Turbo é uma das nossas histórias favoritas, ao mesmo tempo única e estereotipada, é outro automóvel francês com aspecto um pouco estranho, outro ícone de rally com herança econobox. Mas o “R5 Turbo” foi também uma máquina iconoclasta que divergiu das suas humildes origens até um grau que foi indiscutivelmente inigualável até aos infames veículos do Grupo B que chegaram ao Campeonato Mundial de Ralis (WRC) anos mais tarde.

Após vencer na sua estreia no Rallye Monte-Carlo de 1981, na véspera dessa nova era, o R5 Turbo de tracção traseira teve um desempenho admirável contra a investida de automóveis de tracção integral em meados dos anos 80 – especialmente nas fases de rali de asfalto, mas as suas origens estão enraizadas nos anos 70, quando o então recém-batizado WRC estava a ser comandado pelo rival italiano do fabricante francês. A resposta da Renault ao dominante Lancia Stratos foi transformar o seu hatchback perfeitamente refinado mas caseiro, num lutador de ralis de alargado.

Bertone foi encarregue de conceber a carroçaria, a carroçaria monocoque foi modificada para suportar um motor turbo na zona central do veículo, as ligas leves substituíram grande parte da carroçaria de aço, e a produção das versões de homologação estava em curso na viragem da década. Mais de 40 anos depois, as versões de rali e estrada do R5 Turbo são legitimamente consideradas como fazendo parte do cânone de rali.


No filme desta semana com um belo exemplar do primeiro ano do modelo, o nosso anfitrião Sam Hancock pilota este maravilhoso exemplar através das estradas sinuosas de Biella, Itália, falando sobre as origens do automóvel e o seu impacto duradouro.


TAGS: Petrolicious Renault Renault 5 Turbo


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment