Snapshot: Quando o Bugatti bateu o

Arquivos 17 Abr 2021

Snapshot: Quando o Bugatti bateu o “camião mais rápido do mundo”

Por Ricardo Grilo

Um decidido William Groover-Williams no comando do Grande Prémio de França, disputado precisamente no mesmo traçado das 24 Horas de Le Mans – que nessa época passava ainda pela cidade de Le Mans.
 
O Bugatti 35B de Groover-Williams tinha sido modificado com a adopção de um depósito de combustível com 85 litros e respectivo indicador de capacidade, de modo a cumprir as regras de consumo e distância que caracterizaram a época de GP desse ano: consumo máximo de 14 lts/100 km e um mínimo de 600 km para percorrer.
 
Com este Bugatti de Grande Prémio o britânico residente em França iria bater os Peugeot oficiais e realizar também a melhor volta da corrida ao rodar em 7:01, batendo largamente o melhor tempo (7:21) do Bentley Speed Six de Sir “Tim” Birkin que vencera a prova de 24 Horas ali disputada no mês anterior.
 
Equipado com um motor de oito cilindros em linha de 2,3 litros com compressor, este Type 35B desenvolvia perto de 140 cv.
 
O Bentley Speed Six de endurance tinha um motor de seis cilindros em linha, com 6,5 litros e 200 cv de potência. Mas pesava mais de duas toneladas, com importantes implicações na capacidade de travagem e de aceleração.
 
Não era por acaso que Ettore Bugatti referia os Bentley como “os camiões mais rápidos do mundo”.
 
Imagem colorida por Ricardo Grilo


TAGS: Bugatti Type 35B Le Mans


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment