Clássicos 13 Mar 2021

Este Austin Mini é parte de uma história que honra o passado

Entre a bordo do Mini de 1975 de Maxime Delestre para um passeio pelas estradas rurais da zona da Normandia, em França.
 
Neto de um vendedor de Peugeots e filho de um co-piloto de rali, Maxime cresceu dentro de uma família aficionada por automóveis. Depois de assistir às competições durante vários anos, aos 17 anos obteve a sua própria licença de co-piloto de rali, seguindo assim os passos do seu pai.
 
Aos 18 anos Maxime teve finalmente a carta-de-condução. Fez-se imediatamente às estradas e conduziu alguns quilómetros até chegar a uma conclusão: Max sentiu que os automóveis modernos não lhe estavam a proporcionar a experiência que ele tanto desejava.
 
“Faltava algo mais. Não tinham ruído, vibração e o próprio cheiro não me despertava nada.” Naturalmente, Maxime percebeu que apenas uma máquina clássica do passado poderia satisfazer as suas necessidades. O facto de ser um estudante de apenas 18 anos de idade representava uma grande limitação financeira, mas por uma modesta quantia de dinheiro foi possível comprar um automóvel de pequenas dimensões carregado de diversão- e um Mini clássico foi a escolha mais óbvia.
 
Vídeo: Petrolicious


TAGS: Austin Mini Petrolicious


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment