Mercedes-Benz 300 S Cabriolet A do diplomata Afonso Malheiro vai a leilão

Mercado 04 Mar 2021

Mercedes-Benz 300 S Cabriolet A do diplomata Afonso Malheiro vai a leilão

Mais caro que o desportivo 300 SL e a custar o dobro que um Cadillac na altura, o Mercedes-Benz 300 S foi um dos automóveis mais exclusivos de sempre. Tem também um grande valor histórico, pois foi o primeiro design da marca alemã na era pós-Guerra, tendo a sua estreia no Outono de 1951. O aparecimento do 300 S restabeleceu a Mercedes-Benz no topo das constructoras de prestígio, mantendo a tradição da marca de construir automóveis de alta performance da melhor qualidade.

Apesar da Mercedes-Benz acabar por adoptar a construção unitária do chassis e carroçaria para os seus modelos mais baratos nos anos 50, a conservação do método tradicional do chassis separado da carroçaria para o 300 permitiu uma grande variedade de oferta no que diz respeito ao exterior. O chassis do modelo seguiu as linhas do 170S e do 220, com suspensão independente e travões de tambor nas quatro rodas.

Inicialmente a desenvolver 115 cv, o motor de três litros de cilindrada e seis cilindros, com injector no 300 SL, ganhou potência nos modelos 300b e 300c e, no 300d de 1957, foi inserido o injector de combustível. Outros melhoramentos incluíam travões maiores, opcionalmente, direcção assistida, no 300d, e a adopção da caixa automática de três velocidades.


Personalizado pelos mais experientes engenheiros da Mercedes-Benz, o 300 foi construído com os materiais da melhor qualidade. Rápido e elegante, era um dos poucos veículos contemporâneos capazes de transportar confortavelmente seis passageiros e, mesmo assim, manter velocidades altas. O 300 S juntou-se ao 300 saloon pouco depois, um modelo que conseguiu capturar toda a elegância do 540K do pré-Guerra. Introduzido no Salão Automóvel de Paris, em Outubro de 1951, o 300 S foi construído nos formatos coupé de dois lugares, cabriolet e roadster, num chassis mais curto do 300 saloon.

Não só é consideravelmente mais leve que o saloon, o 300 S tinha também mais potência. Conseguia debitar 150cv e atingir uma velocidade máxima de 176 km/h. Ao contrário dos modelos da época com interiores mais espartanos, o 300 S tinha o seu interior em couro e o painel de instrumentos em crómio.


Desenhado com um estilo pré-Guerra, mas com a tecnologia mais avançada da época, o Mercedes-Benz 300 S foi construído a partir das normas de qualidade rígidas de Estugarda. Inevitavelmente, a produção foi limitada a 760 exemplares do 300 S/Sc, 560 do modelo S e 200 do Sc, deixando a fábrica entre 1951 e 1958, dos quais apenas 252 eram cabriolet, 203 exemplares do 300 S e 49 do Sc. Ser dono de um automóvel tão exclusivo estava restrito aos mais ricos, entre eles as estrelas de cinema Cary Grant e Gary Cooper. Proibitivamente caro quando novo, e muito mais raro que o 300 SL Gullwing e Roadster, este automóvel representa um grande investimento, bem como proporciona aos proprietários uma excelente motorização, com estilo incomparável.

Este Mercedes-Benz 300 S Cabriolet foi oferecido para venda pela família do falecido diplomata português, Afonso Henriques da Fonseca de Azevedo Malheiro. Afonso Malheiro nasceu em Lamego a 9 de Novembro de 1927 e estudou na Universidade de Lisboa. Foi Cônsul em vários países, nomeadamente Singapura e Boston. Mais tarde, foi Conselheiro da Embaixada Portuguesa em Viena no ano de 1971 e em Budapeste em 1976. Foi também o Embaixador Português em Montevideo, no Uruguai, de 1984 a 1989.

O Embaixador comprou o Mercedes-Benz a um amigo, em Portugal, a 27 de Outubro de 1967, sendo este amigo o primeiro proprietário do automóvel. Infelizmente, não há muita documentação a acompanhar o veículo, apenas um recibo, algumas cartas em português, documentação de registo também em português, e o que aparenta ser um orçamento ou uma conta de um restauro. Em termos de eventos em que o automóvel esteve presente, este esteve em exibição na abertura do concessionário da marca alemã em Sintra.

Este Mercedes-Benz 300 S Cabriolet A, um de apenas 203 exemplares construídos, vai ser leiloado num evento online, levado a cabo pela Bonhams, entre os dias 3 e 10 de Março. O valor estimado para a sua venda situa-se entre os 350 mil e os 450 mil euros.  

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Mercedes-Benz 300 S Cabriolet A


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment