O protótipo do Opel Calibra de DTM produzido totalmente em fibra de carbono pela Zakspeed

Competição 25 Fev 2021

O protótipo do Opel Calibra de DTM produzido totalmente em fibra de carbono pela Zakspeed

Por Tiago Nova

A Zakspeed é uma famosa equipa alemã de competição automóvel, fundada em 1968 por Erich Zakowski, competindo e desenvolvendo automóveis para as mais variadas competições, desde resistência, passando pelo DTM e até mesmo na Fórmula 1. Após a sua retirada da categoria rainha em 1989, a Zakspeed concentrou-se no DTM, inicialmente com o Mercedes-Benz 190E e, posteriormente, com o Opel Calibra.

Os Opel Calibra que competiram no DTM, tinham quatro rodas motrizes e o motor era montado numa posição longitudinal, ao invés de transversal. O motor esse era um V6, baseado no C25XE, mas preparado pela Cosworth, para desenvolver potências de 420cv, chegando aos 480cv em 1995. Com as mudanças das regras FIA, em 1996, o motor V6 utilizado passou a ser o Cosworth KF, que tinha por base o motor utilizado pelos Isuzu Trooper e Monterey, capaz de atingir as 15.500 rotações por minuto.

O Calibra presente neste artigo é muito especial, desenvolvido pela Zakspeed para competir no ITC de 1997, sendo que o ITC tinha substituído o DTM em 1996, mas o campeonato nunca arrancou e o projecto parou. Este Calibra é totalmente construído em fibra de carbono, assente numa estrutura tubular, incluindo todo o interior com uma backet esculpida na própria fibra de carbono, para um peso total de 1040 kg. As jantes utilizadas são da BBS, construídas em magnésio, com 18”.


O motor é de 2,5 litros de cilindrada com preparação Cosworth, agora capaz de chegar às 12.000 rotações por minuto e desenvolver uma potência de 500cv às 11.650 rotações por minuto e 310Nm de binário às 9000 rotações por minuto. O motor está acoplado a uma caixa de seis velocidades sequenciais da Xtrac, desenvolvida em conjunto com a Williams F1, que envia a potência para as quatro rodas. A suspensão é de triângulos sobrepostos nas quatro rodas, com amortecedores pushrod. A travagem está a cargo de discos de 380 mm na frente e 313 mm na traseira.

Para a sorte dos entusiastas, o protótipo não foi destruído, sendo utilizado para demonstração em alguns concessionários Opel na Alemanha e, posteriormente, guardado na colecção da Zakspeed. Infelizmente, todo o investimento foi inglório e este Calibra não foi capaz de demonstrar o seu desempenho em pista, junto dos seus rivais.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider


Fotografias: Bryn Musselwhite


TAGS: Cosworth Opel Calibra Zakspeed


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment