Porsche 989, o Panamera dos anos 80

Clássicos 18 Fev 2021

Porsche 989, o Panamera dos anos 80

Por Tiago Nova

O Porsche Panamera chocou os aficionados da marca alemã quando foi lançado em 2009, ainda que, não tanto aquando do lançamento do Cayenne. No entanto, a Porsche já há muito que “sonhava” em lançar uma berlina de quatro portas e podemos traçar uma linha directa ao antecessor do Panamera, o protótipo Porsche 989.

Este seria o automóvel de luxo, para aqueles que gostavam das prestações Porsche, mas num modelo mais familiar. O projecto foi iniciado porque as vendas do 928 estavam a subir a meio dos anos 80, e o 989 seria a alternativa de quatro portas, com um andamento superior aos seus rivais da BMW e Mercedes-Benz. O interior transpirava luxo e qualidade de construção, com bastante espaço tanto para os passageiros, como para a bagagem, ajudado pela distância entre eixos de 2826 mm.

O motor estava posicionado à frente e, tal como o 928, era um V8 com 3616cc, produzindo cerca de 300cv. Ainda foi estudada a hipótese de ser aplicado o motor de seis cilindros boxer do 911, mas essa ideia foi prontamente descartada devido à dificuldade de adaptação. Além de outros motores como um 3,6 litros de 320cv, um 4,2 litros de 350cv e um V6. Para testar a mecânica, foi utilizado um Mercedes-Benz 300 CE W124, que tinha o tamanho e peso similares ao 989.


Este protótipo também foi o primeiro a ser desenvolvido para estrada com a caixa PDK de dupla embraiagem, ainda que esse tipo de transmissão não tivesse nos planos de produção, onde iria ser equipado com uma caixa manual de seis velocidades ou uma automática Tiptronic. A tracção seria dada às rodas traseiras, com a possibilidade de tracção integral.

O 989 foi desenvolvido por Harm Lagaay, sob a direcção de Ulrich Bez e esteve mesmo muito perto de iniciar a sua produção, mas Wendelin Wiedeking decidiu parar o desenvolvimento, alegando razões económicas, numa altura em que o “pai” do projecto Ulrich Bez tinha saído da empresa. É certo que hoje o Panamera é um sucesso, mas será que o mesmo se sucedia no final dos anos 80, numa altura em que as vendas do 928 baixaram? Nesta época as berlinas tinham ainda um desenho bastante quadrado, possivelmente, esta ideia de um 911 de quatro portas não teria sucesso. Ainda assim, apesar da sua produção não ter avançado, vários elementos estilísticos foram empregues nos modelos seguintes da Porsche, como nas gerações 993 e 996 do 911.

Ainda assim, vários protótipos foram produzidos, alguns com desenho de Giorgetto Giugiaro da Italdesign, mas o que seria escolhido para a futura produção, foi mesmo o desenhado internamente nos ateliers da marca. O único sobrevivente chegou a ser dado como destruído pela própria marca, com o cancelamento do projecto, mas tal veio-se a não confirmar, simplesmente foi guardado longe do olhar e hoje aparece em alguns eventos da marca, assim como no museu.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Italdesign Porsche 989 Porsche Panamera


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment