Porsche 962CK6, a evolução do automóvel de competição elaborada pela Kremer Racing

Competição 04 Fev 2021

Porsche 962CK6, a evolução do automóvel de competição elaborada pela Kremer Racing

Por Tiago Nova

O Porsche 962 foi desenvolvido para substituir o 956 e competir no campeonato americano IMSA GTP tendo, posteriormente, desenvolvido o 962C para competir no Grupo C europeu. Iniciou a sua carreira desportiva na final de 1984, sendo um automóvel de bastante sucesso, principalmente dentro das equipas privadas, demonstrado também pela sua longa carreira nas pistas, competindo até meio dos anos 90. Isto é o resultado do excelente trabalho elaborado por Norbert Singer, Klaus Bischof e Peter Falk no desenvolvimento dos 956 e 962.

Como não poderia deixar de ser, várias equipas privadas melhoraram alguns aspectos do 962, mas enquanto umas fizeram apenas pequenos ajustes, outras redesenharam por completo o automóvel, incluindo o chassis de alumínio, que era conhecido por ter pouca rigidez.

Uma das equipas mais populares que competiu com os 962 foi a Kremer Racing, que desenvolveu o 962CK6, onde substituíram o chassis original em alumínio por um construído em fibra de carbono, com a ajuda da TC Prototypes. No total foram produzidos onze 962CK6.


O exemplar deste artigo é o 962CK6 com o chassis número CK6/03 e exteriormente, poucas são as diferenças notórias entre este e um 962 da Porsche. Equipado com um motor de seis cilindros opostos e dois turbos KKK, de três litros de cilindrada e quatro válvulas por cilindro, com cabeça do motor refrigerada a água e bloco refrigerado a ar, desenvolve cerca de 750cv às 8200 rotações por minuto. A gestão electrónica é feita através de uma centralina Bosch Motronic 1.7. Este motor permitiu aumentar a taxa de compressão e diminuir o turbo-lag, uma das vantagens em relação ao 956. Acoplado ao motor, está uma caixa de cinco velocidades manuais, na mesma altura em que a Porsche já utilizava em alguns dos seus 962 caixa PDK de dupla embraiagem, mas as equipas privadas preferiam utilizar as caixas manuais, mais robustas.

A suspensão frontal utiliza triângulos assimétricos com duas molas de titânio e amortecedores Bilstein. Já na traseira, a suspensão é de triângulo inferior com braços paralelos no topo e também com as molas de titânio e amortecedores Bilstein.

O Porsche 962CK6 tem um peso de apenas 850 kg, com um comprimento de 4770 mm e uma distância entre eixos de 2770 mm. Originalmente, este exemplar competiu nas 24 Horas de Le Mans, em 1989, com jantes BBS, com cobertura de ventilação na frente, mas agora está com jantes Volk Racing, iguais às utilizadas pelo seu irmão na mesma prova.

Por falar nas 24 Horas de Le Mans, este exemplar com a decoração da Kenwood iniciou a prova no 14º lugar, com o irmão CK6/04 a terminar quatro lugares à frente. A carroçaria utilizada para essa prova, foi com a traseira comprida e baixo apoio aerodinâmico. Com os pilotos Kunimitsu Takahashi, Bruno Giacomelli e Giovanni Lavaggi, este 962CK6 foi um dos mais rápidos em prova, com uma velocidade máxima atingida de 380 km/h. Infelizmente, após 303 voltas, o 962CK6 pegou fogo e foi obrigado a desistir.

O 962CK6/03 está na posse de Martin Birrane, que foi presidente da Lola, e está guardado na pista Mondello Park, na Irlanda. Está num estado imaculado, completamente original, participando em diversas provas de clássicos.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider


Fotografias: Paddy McGrath


TAGS: Kremer Porsche 962


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment