Ferrari GG50, o protótipo que comemorou os 50 anos de carreira de Giugiaro

Modernos 22 Nov 2020

Ferrari GG50, o protótipo que comemorou os 50 anos de carreira de Giugiaro

Por Tiago Nova

O Ferrari GG50 é um protótipo construído pela Italdesign Giugiaro, para comemorar os cinquenta anos durante o qual Giorgetto Giugiaro tem desenhado automóveis, daí provém o nome do protótipo. Este automóvel foi apresentado no Salão Automóvel de Tokyo, em 2005. A ideia de celebrar o seu aniversário em grande, veio do Salão de Paris de 2004, quando Giugiaro conversou com o CEO da Ferrari na altura, Luca di Montezemolo, decidindo utilizar como base o Ferrari 612 Scaglietti. Como nota, Giugiaro nunca tinha trabalhado oficialmente num Ferrari, esse trabalhado era quase em exclusivo da responsabilidade da rival Pininfarina. Montezemolo disse que não havia nenhuma restrição, mas que este protótipo teria de se encaixar na filosofia da marca.
 
Giugiaro iniciou os trabalhos de design, em Fevereiro de 2005, com modelos à escala 1:10 construídos à mão. Posteriormente, o design foi completado pelo seu filho Fabrizio, usando o Italdesign-Giugiaro Virtual Reality Design Center, em Abril de 2005. Em Junho do mesmo ano foi construído o protótipo.
 
No Ferrari GG50 foram aplicadas várias funcionalidades inspiradas na Fórmula 1 para melhorar a performance. Utiliza o motor V12 a 65 graus Tipo F133 em alumínio de 5.7L (5748cc) de cilindrada, com duas árvores de cames à cabeça em cada bancada, 48 válvulas, naturalmente aspirado, debitando 540 cv às 7250 rpm e 589 Nm às 5250 rpm, montado na frente do habitáculo. A taxa de compressão é de 11.2:1. O GG50 utiliza uma caixa automática, com modo sequencial, de 6 velocidades, montada na traseira, que envia a potência para as rodas traseiras. Os travões estão a cargo de maxilas da Brembo. As jantes são de 20” da ATP Tecnoforming, com pneus Bridgestone, de 245/35 na frente e 305/35 na traseira. O GG50 tem uma distância entre eixos de 2.95m, uma largura de 1.95m, uma altura de 1.35m e um comprimento de 4.81m. Tanto a carroçaria, como o monocoque, são construídos em alumínio. A suspensão é de triângulos sobrepostos na frente e traseira, com amortecedores activos.
 
O GG50 é um supercarro de 2+2 lugares e a maior parte dos elementos interiores, vieram do 612 Scaglietti, assim como parte do design exterior, tendo um “nariz” diferente, sendo a frente 2cm mais curta e a traseira 7cm. A frente tem uma grelha bastante baixa, numa forma oval, com uma entrada de ar de arrefecimento vertical, em cada um dos lados, onde ficam os faróis de nevoeiro também. Os faróis de Xénon são bastante verticais e percorrem a linha do capot. Na traseira tem duas saídas de escape cromadas em cada lado, assim como dois farolins assimétricos de cada lado, em LED. De modo a ter maior capacidade de bagagem, o depósito de combustível de 95L foi movido da traseira dos bancos, para a zona inferior da mala, para com isso ganhar mais 30L, passando para os 500L e fazendo com que os bancos possam ser rebatidos. Isto também necessitou de redesenhar toda a secção traseira e com a adição do vidro traseiro, que transformou o carro num hatchback, resultou num tejadilho mais resistente, com dois pontos reforçados, para acomodar as dobradiças.
 
O design exterior fazia lembrar muito os Maserati, sendo este automóvel conhecido também por Ferrati. O volante foi inspirado num automóvel de Fórmula 1 da marca. O painel de instrumentos é diferente e utiliza o sistema de navegação por satélite Pioneer AVIC–X1R. Todos os botões foram reposicionados, assim como o travão de mão eléctrico. O interior é composto maioritariamente por pele bege. Entrar num automóvel 2+2 nunca é fácil, mesmo no 612 Scaglietti, mas Giugiaro fez a janela lateral traseira descer, de modo a ganhar melhor acessibilidade.
 
Somente um protótipo foi produzido deste automóvel, sendo totalmente funcional e estado registado para circular na via pública.
 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Ferrari GG50 Giorgetto Giugiaro Italdesign


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment