A icónica equipa de F1 Vanwall está de regresso com uma Continuation Series

Competição 22 Out 2020

A icónica equipa de F1 Vanwall está de regresso com uma Continuation Series

As Continuation Series têm-se tornado populares por entre os construtores britânicos e, se no caso da Jaguar e Aston Martin tentam reviver os modelos gloriosos do passado, no caso da Allard e agora da Vanwall marca mesmo o “renascer das cinzas” destas marcas.

A Vanwall foi fundada por Tony Vandervell, no início dos anos 50, e pertence ao grupo restrito de apenas dois construtores que conseguiram alcançar a pontuação máxima numa temporada de Fórmula 1. Foi também a primeira equipa britânica a vencer o Grande Prémio do Reino Unido com um piloto britânico. Era uma equipa bastante respeitada, com Colin Chapman responsável pela construção dos chassis e Frank Costin responsável pela aerodinâmica. A Vanwall foi também pioneira no uso de discos de travão na Fórmula 1. Infelizmente, devido a problemas de saúde, Tony acabaria por fechar a empresa, em 1959. Em 2013, Ian Sanderson adquiriu os direitos da marca e não quer que a Vanwall caia no esquecimento.

62 anos após ter conquistado o primeiro Campeonato do Mundo de Construtores de Fórmula 1, volta ao activo para construir seis exemplares do Vanwall VW5 Continuation Series com base no modelo utilizado em 1958, em parceria com a Hall and Hall. Sob a denominação Vanwall Group, sendo a sucessora da equipa de Fórmula 1 dos anos 50, esta quer comemorar as seis vitórias obtidas em 1958, daí o número de exemplares da Continuation Series. Esse número de vitórias inclui a vitória no Grande Prémio de Portugal no mesmo ano, no Circuito da Boavista pelas mãos de Stirling Moss.



Somente cinco dos seis exemplares serão vendidos, sendo que o sexto irá juntar-se ao espólio museológico da Vanwall Historic Racing Team. Todos eles estarão equipados com a mecânica Vanwall, de 2489cc e 270cv, construídos seguindo rigorosamente os desenhos da época.

Com a sua construção totalmente à mão, cada exemplar será vendido por 1.815.000 euros, valor ainda sujeito a impostos. O valor incluiu a certificação FIA HTP, para poder participar em eventos históricos. No futuro, os planos de Ian é lançar um automóvel de estrada completamente novo, assim como um de competição, ambos sob a marca Vanwall.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Colin Chapman Frank Costin Vanwall Vanwall VW5


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment