Iberian Historic Endurance no Estoril Classics 2020

Eventos 08 Out 2020

Iberian Historic Endurance no Estoril Classics 2020

Um dos mais conceituados eventos de clássicos da Europa está de regresso ao Estoril Classics no fim-de-semana de 09 a 11 de Outubro e a competição Iberian Historic Endurance faz parte desta festa com 44 equipas inscritas, ou seja, com lotação esgotada. O Historic Endurance vai contar este fim-de-semana com duas sessões de qualificação e uma prova de 50 minutos, ao contrário do que é habitual para os pilotos desta competição, que costumam realizar duas corridas de 50 minutos.

O Autódromo do Estoril é um circuito que já não tem muitos segredos para a maior parte dos pilotos que costumam integrar o Iberian Historic Endurance, mas este ano há inscrições novas e pilotos que visitam pela primeira vez o circuito na última corrida do fim-de- semana e que servirá de homenagem aquele que foi um dos melhores pilotos portugueses: Nicha Cabral.


O regresso à competição
Depois de uma paragem de verão, o Iberian Historic Endurance regressa aos circuitos no Estoril, depois de ter visitado o Algarve em Julho e logo num evento de enorme dimensão como é o Estoril Classics.
Com uma lista de inscritos provisória de 44 participantes, registo para a presença de alguns participantes do Group 1 Portugal, que trazerem os seus carros e enfrentam um pelotão, teoricamente mais forte e com uma abordagem à corrida ligeiramente diferente.

De enaltecer a presença de dois Datsun 1200 que costumam disputar a Production Cup no Group 1. Francisco Freitas e Tomás Pinto Abreu, são os dois bravos e este último assume este evento como uma enorme festa e traz a companhia do pai, Francisco Pinto Abreu. Os dois Datsun 1200 vão inserir-se na categoria Gentlemen Drivers Spirit, onde terão a companhia do BMW 1800 TISA de João Sardinha/Manuel Melo. Como convidado, chega da Alemanha um Alfa Romeo GT com o piloto Volker Hichert, que poderá ser um bom rival para o BMW português.

Na bem preenchida categoria H-65 há carros espetaculares, como o AC Cobra Daytona do piloto francês Xavier Tancogne, o Ford Falcon holandês de Jaap van der Ende/Martien Bijleveld, mas também o raro Porsche 904/6 que o dinamarquês Thorkild Stamp trará. Há também uma armada holandesa que traz quatro Ford Mustang de Max Boodie, Harmen van Putten, Bart Uiterwaal e Frans Maarschall, que vão encontrar o Ford Mustang “nacional” de João C. Costa. A categoria de H-65, a mais internacional da competição traz ainda dois Jaguar E-Type, o Anglo-germânico de Rhea Sautter e Andrew Newall, sempre um candidato à vitória e outro alemão, mas residente em Portugal da dupla Robert Frowein/Ottmar Gast.


A categoria H-71 é uma das que traz mais participantes. Desde o ágil Lotus Elan +2 de Filipe Matias/Pedro Cerqueira aos potentes BMW 2800 CS, um de Domingos Coutinho e outro de Luís Sousa Ribeiro, há ainda uma enorme panóplia de carros que fazem parte dos nossos sonhos para ver, por exemplo, os espetactulares Alfa Romeo GTAm um do português Jorge Santos e outro do alemão Christian Oldendorff.
Haverá dois Porsche 2.5 ST espanhóis, um da dupla pai e filho Idelfonso Garcia e outro de António Castro/Stig Nas que vão encontrar no Porsche 2.5 ST conduzido pela tripla de pilotos nacionais José Carvalhosa/Piero Dal Maso/Nuno Nunes uma forte oposição. O francês Francois Guerin fará dupla com o português Pedro Gordo num BMW 1600 Ti e de França chega também a dupla Philippe Bonny/Michel Renavand em BMW 2002 Ti. O português Manuel Ferrão entra também nesta categoria trazendo desta vez o seu bonito Ford Escort TC ex- Francisco Santos.

A categoria H-76 é a mais concorrida, onde os Porsche 911 surgem em maior número. Os 3.0 RS são seis e Pedro Bastos Rezende é já bem conhecido no pelotão e um dos mais rápidos, mas a dupla Carlos Brízido/João Pina Cardoso regressa ao Estoril Classics e pode ter uma palavra a dizer. A dupla Bruno Iglesias/Filipe Jesus continuam a curva ascendente de aprendizagem e Vasco Nina regressa ao Historic Endurance após alguns anos de paragem estreando o seu Porsche. Da Dinamarca chegam mais dois 911 3.0 RS, para o casal Annette Rolner e Lars Rolner e há ainda o Porsche 2.8 RSR com os Portugueses José Carvalhosa/Piero Dal Maso/Nuno Nunes. Ainda nesta competitiva categoria, o peculiar Saab Sonett III de Paulo Sousa/Francisco Pinto é sempre uma delícia de ver passar e Jorge Corrêa/Jorge Leite trazem um espetacular Ford Carpi 3000 GT. Miguel Ferreira fará, como habitualmente, dupla com o experiente piloto Francisco Carvalho no rápido Ford Escort RS 1600 enquanto que do Group1 Portugal chegam mais dois Ford Escort RS 2000: um com a dupla Carlos Dias Pedro/Ricardo Pereira e outro com Luís Pedro Liberal para animarem o pelotão.


Para a categoria rainha H-GTP, o holandês Michiel Campagne um dos pilotos com mais vitórias no Historic Endurance, traz um espectacular Chevrolet Grand Sport, enquanto o experiente português Carlos Barbot fará alinhar o seu sempre rapidíssimo Merlyn MK4. João Mira Gomes/Nuno Afoito continuam leais ao Lotus Seven e Paulo Rompante traz o seu bonito e elegante Alfa Romeo TI Super que se revela cada vez mais competitivo. Um GT40 é sempre fantástico de ver passar, mas no Estoril deverão aparecer dois fantásticos Ford GT40 onde se espera uma luta de titans, com o francês Olivier Tancogne ao volante de um e o espanhol Jordi Puig que se estreia dos carros que dominaram Le Mans no final dos anos 60’s.

Com a pista esgotada com 44 carros em pista vai ser certamente uma corrida fantástica e uma das melhores deste ano, mas para Diogo Ferrão, responsável pelo Iberian Historic Endurance, “estar neste momento em Portugal a poder receber estes pilotos é um enorme orgulho. Todos sabemos das dificuldades de hoje em dia em organizar corridas de automóveis, ou qualquer outro evento, por isso esta grelha com quantidade e qualidade é motivo de orgulho e do nosso trabalho ao longo dos anos. Sem querer fazer comparações com competições de outros valores, penso que a nossa grelha de partida seria motivo de orgulho em qualquer evento do planeta com 12 marcas representadas e equipas que viajam de seis países diferentes para estarem aqui presentes.”

O evento tem duas qualificações, uma às 18h10 de sexta-feira (dia 09 de outubro), outra Sábado (dia 10 de Outubro) às 09H00, enquanto que a corrida será realizada no domingo (dia 11 de outubro) às 16H35.


TAGS: Estoril Classics


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment