Corvette ZR-12: Quando a GM quis ultrapassar o Dodge Viper em número de cilindros

Clássicos 02 Out 2020

Corvette ZR-12: Quando a GM quis ultrapassar o Dodge Viper em número de cilindros

Por Tiago Nova

A rivalidade entre os dois grandes nomes de desportivos americanos sempre foi grande, do lado da General Motors tínhamos o Corvette, do lado da Chrysler tínhamos o Viper. Este último quando foi lançado, em 1991, já o Corvette estava há décadas no mercado, no entanto, era um desportivo mais puro e duro e muito mais “selvagem”. Ao contrário do seu rival que utilizava um motor V8, o Viper vinha equipado com um motor V10.

No entanto, ainda antes do lançamento do Viper, a General Motors já estava a elaborar um rival à altura, tudo para não deixar fugir os seus clientes e começava assim a ser desenvolvido o Corvette ZR-12, em 1990. Este não estava equipado nem com um motor V8, nem com um motor V10, mas sim, e tal como o nome indica, um motor V12 e 9,8L de cilindrada! Obviamente, estávamos numa época em que mais era sempre melhor e que bela época.

Como o projecto estava a ser desenvolvido por uma equipa de engenheiros, sem aprovação do topo da direcção, a desculpa utilizada para meter o motor desta envergadura, foi a de testar a resistência do chassis, sendo o projecto apelidado de Conan. Como o dinheiro para o projecto não era muito, o motor foi desenvolvido pela empresa de motores marítimos da GM, a Ryan Falconer Industries, com uma potência de 686cv e 922Nm de binário. Devido ao motor ser mais comprido que o V8, a frente do Corvette teve de ser alongada. O peso na frente não era muito diferente do V8, visto que o V12 era construído totalmente em alumínio. No entanto, ficou provado que o seu desenvolvimento seria muito dispendioso e o produto final bastante caro, ultrapassando o preço do Viper e o mesmo não avançou para a produção.



Ainda assim, no início dos anos 90, este Corvette ZR-12 foi testado por diversas revistas da especialidade, mas como ainda era um protótipo, vários problemas apareciam, principalmente o sobreaquecimento. Inicialmente, e como pode ser visto em algumas fotos da época, o Corvette ZR-12 tinha escapes laterais e jantes diferentes, algo que foi trocado posteriormente.

Após vários anos destinado ao esquecimento, o Corvette ZR-12 foi para o National Corvette Museum, onde está agora em exposição.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Chevrolet Corvette


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment