Dez clássicos aos quais é impossível resistir

Clássicos 15 Set 2020

Dez clássicos aos quais é impossível resistir

A paixão automóvel faz-nos ter um amor incondicional por aquele que é o bólide que nos acompanha durante todos os momentos. Mas há automóveis que só podem ser descritos como obras de arte que nos conseguem fazer sonhar e deixar de boca aberta quando os vemos.

Vários dos modelos que se seguem são verdadeiros ícones que inspiram várias gerações de automóveis que vieram depois destas. Pode ainda ver uma selecção de motos recentes que foram inspiradas em modelos marcantes.

Ferrari 335 Sport Spider

Este modelo de 1958, restaurado recentemente, foi eleito na edição deste ano do Concorso d’Eleganza Villa d’Este como o melhor clássico do evento. Existem apenas quatro exemplares deste automóvel que foi um dos mais rápidos do seu tempo, sendo também o primeiro Ferrari a superar a barreira dos 200 km/h.


Jaguar E-Type

O E-Type é tudo menos um automóvel qualquer. Durante a sua apresentação em 1961 no Salão de Genebra, o lendário fundador da Ferrari, Enzo Ferrari, não hesitou em dizer que este modelo era “o mais belo carro no mundo” e seis décadas depois o E-Type ainda é considerado como um dos automóveis mais bonitos do século XX.


Porsche 356 Speedster

Foi desenhado e criado em 1948 por Ferdinand Porsche e é considerado como o primeiro Porsche de produção em série. O 356 foi o modelo que veio a inspirar o icónico Porsche 911.


Ferrari 250 GTO

O modelo 250 GTO da Ferrari começou a ser produzido na década de 60 e pode chegar a atingir valores multi-milionários em leilão devido à sua raridade. É ainda hoje um dos designs mais icónicos da casa de Maranello.


Aston Martin DB5

Apesar de toda a sua elegância britânica, este modelo de 1963 foi desenhado pela casa italiana Carrozzeria Touring Superleggera. A série DB é uma homenagem a Sir David Brown, que passou a dirigir a empresa a partir de 1947.


Mercedes-Benz 300 SL

O modelo 300 SL surpreendeu o mundo em 1955, não só como um dos automóveis mais belos alguma vez feitos pelo Homem, mas também por ser um dos automóveis mais veloz da sua época.


Alfa Romeo 33 Stradale

Inspirado nos modelos de competição da marca, o modelo de 1967 tem tanto de potência como de agressividade no design. É um modelo acima de tudo focado na performance. Tinha só essencial, explicando assim a falta dos retrovisores e das trancas nas portas, mas manteve sempre a sua elegância e delicadeza.


BMW R60/2

Um modelo dos anos 60, a BMW R60/2 tem um design simples, mas é uma moto pronta tanto para cidade como fora de estrada. Este modelo trouxe reconhecimento ao piloto Danny Liska numa viagem de 152.000 km do Círculo Polar Árctico à América do Sul.


Harley-Davidson Sportster

Foi colocada no mercado em 1957 e é até hoje o modelo mais vendido da marca e foi inicialmente pensada para corridas. É uma moto desportiva e existem cinco versões diferentes da icónica Sportster.


Triumph Bonneville

O modelo referido pela marca como Modern Classic, a Bonneville é uma lenda viva que nos dias de hoje continua a espalhar classe e estilo. Teve recentemente uma reinterpretação, o modelo T100.


TAGS: Aston Martin DB5 BMW R60/2 Clássicos Ferrari 250 GTO Ferrari 335 Harley-Davidson Sportster Jaguar E-Type Mercedes-Benz 300SL Porsche 356 Triumph Bonneville


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment